Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

DAgosto reassume liderana

20 de Janeiro, 2020

Tetra-campeo com uma exibio de luxo redimiu-se da derrota e regressou ao comando

Fotografia: PAULO MULAZA

Golos para todos os golos foi o que a equipa do 1º de Agosto ofereceu ontem aos seus adeptos na goleada aplicada ao Progresso do Sambizanga, por 4-0, e que permitiu tomar de assalto à primeira posição.
A depender apenas de si mesmo para assumir a liderança do campeonato, após o empate nulo, no sábado, do Petro de Luanda, os agostinos entraram demolidores e já venciam por 2-0, até aos 23\', com golos do central Bobó aos 13\' e Mabululu.
A formação orientada pelo bósnio Dragan Jovic quis evitar  surpresa e preferiu imprimir o seu ritmo ao jogo, com uma grande capacidade de eficácia, pois em três remates à baliza sambila marcou duas vezes.
Os comandados de Hélder Teixeira não foram meros espectadores e, deram-se ao luxo de desperdiçarem uma grande penalidade. Criaram perigo e situações de golo, obrigando Neblú a defesas apertadas.
O jogo teve um bom ritmo com as duas equipas a praticaram um futebol ofensivo, procurando sempre a baliza adversária, mas sempre com um sinal mais para o conjunto militar, onde Mabululu e Ary Papel faziam tremer a defesa contrária.
Os sambilas ainda tiveram antes do intervalo a oportunidade de diminuir a desvantagem, mas Chiló, aos 42\', falhou o penálti, que sancionou uma mão na bola do médio nigeriano Ibukun. Porém, os agostinos não estavam em dia de economia de golos e voltaram a marcar 45 +1\', através de Ary Papel. Tirou do caminho Chiló, na pequena área e rematou a contar diante de Nelson.
O técnico Dragan Jovic poupou neste desafio o lateral direito Isaac e no seu lugar alinhou o lateral esquerdo Paizo, que deu conta do recado, tendo em conta o jogo da Liga dos Clubes Campeões Africanos, no próximo dia 25, frente a formação do Zesco United da Zâmbia, referente a 4\" jornada desta competição.
No reatamento, as equipas regressaram com o mesmo onze, num dérbi onde os militares tinham uma vantagem confortável e os sambilas precisavam de correr atrás do prejuízo. Porém, os rubro e negros foram os primeiros a fazer alteração no plantel, com a entrada de Leonel para o lugar de Mabululu e depois os sambilas responderam, com a saída de Pedro e a entrada de Filhão.
Em dez minutos em campo, o camaronês Leonel finalizou aos 68\', com uma cabeçada certeira, após uma assistência de Natael.  Dragan Jovic aproveitou igualmente a larga vantagem no marcador para promover a estreia do jovem Aldair, 16 anos, formado no clube militar.
Zito Luvumbo, não foi feliz no seu aos jogos oficiais, após recuperar de uma lesão. O médio ofensivo voltou a lesionar-se com uma entrada por trás de Patrick. Com isso, os militares terminaram o jogo com apenas 10 jogadores. Ainda assim, Leonel foi perdulário numa jogada em que se isolou e diante de Nelson chutou ao lado da baliza.
O árbitro Paulo Talaia manchou o seu   trabalho ao não expulsar Patrick, depois de duas entradas viris sobre Paizo e Zito Luvumbo, pois mostrou muita tolerância.