Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

DAgosto vence Progresso nos Coqueiros

30 de Março, 2019

Mabululu marcou os dois primeiros golos do campeo no duelo com os sambilas

Fotografia: Vigas da Purificao | Edies Novembro

O 1º de Agosto respondeu de forma positiva a retirada dos três pontos pela Federação Angolana de Futebol (FAF) na véspera do jogo com o Progresso Sambizanga, disputado ontem nos Coqueiros, aos derrotar o oponente por 3-0, desafio onde dominou por completo. Pela primeira vez esta época, a equipa orientada pelo sérvio Dragan Jovic não contou com os préstimos no onze inicial dos únicos totalistas até ontem, Tony Cabaça e Mongo, o primeiro por castigo e o segundo entrou apenas no segundo tempo. 

Tal como havia anunciado a equipa técnica rubro-negra antes do desafio, os agostinos vestiram o \" fato-macaco\" para tornar fácil o jogo que se antevia difícil. Os sambilas são sempre um \"osso duro de roer\", daí a atitude ofensiva que os tricampeões demonstraram em campo para adiantar-se no marcador e tentar resolver as coisas o mais cedo possível. O golo dos militares surgiu aos 19´nos pés de Mabululu, aproveitando uma recarga após um remate de Kila, que Nelson não conseguiu segurar, deixando a bola a mercê do avançado agostino. Mesmo com o golo sofrido os sambilas demoraram a reagir e viram novamente as suas redes a balançarem com o bis de Mabululu, aos 30´, desta vez de cabeça, a finalizar um cruzamento de Kila. 

A vantagem no marcador serviu como tónico para os rubro-negros que continuam a fustigar o último reduto dos sambilas, em que os seus defesas tiveram de empenhar-se para impedir que o resultado aumentasse. Nesta altura, o guarda-redes Nelson era o principal garante da sua zona mais recuada. No reatamento, aos poucos os sambilas também criaram perigo para a baliza de Neblú e a cabeçada de Chiló, aos 47´, foi prova disso, pois exagerou nas medidas e a bola \"beijou\" o travessão antes do avançado ter sido expulso por alegadamente ter proferido palavras ofensivas ao árbitro Paulo Sérgio. 

Com menos uma unidade em campo a formação orientada por Hélder Teixeira perdeu o ânimo em recuperar a desvantagem e praticamente entregou o jogo aos tricampeões que jogavam a seu bel-prazer. Foi assim que Ary Papel, aos 60´, deixou a sua marca, com um golo fantástico, tirou as medidas a Nelson, a partir de fora da área. Aos 87´, Neblu fez um autentico brinde a um adversário, mas conseguiu defender o remate, impedindo com que as suas redes balançassem. 

RECURSO A VÍDEO
Tony Cabaça cumpre quatro jogos de castigo 

O guarda-redes do 1º de Agosto, Tony Cabaça, cumpre desde ontem, quatro jogos de castigo imposto pelo Conselho de Disciplina da Federação Angolana de Futebol (FAF), por ter cuspido um colega de profissional, no jogo diante da formação do Santa Rita de Cássia, referente à 19ª jornada do Girabola Zap 2018/2019.

Depois do Conselho de Disciplina da FAF ter analisado a acção negativa (cuspidela) a um adversário por parte do jogador militar, concluiu penalizá-lo com o referido número de jogos para evitar futuras atitudes no futebol nacional. 
O acto irreflectido do experiente guarda-redes do 1º de Agosto e dos Palancas Negras custou-lhe já a ausência no desafio de ontem, diante do Progresso do Sambizanga, e terá continuidade nos clássicos ante o Recreativo do Libolo (22ª jornada) e Petro de Luanda (23ª), além da formação do Saurimo FC (24ª jornada). 

É o primeiro castigo do género para Tony Cabaça que esta época, até ontem, havia disputado todos os jogos na condição de titular na baliza do 1º de Agosto, sendo uma das principais unidades do conjunto orientado pelo sérvio Dragan Jovic.
A forma como o jogador foi suspenso acaba por ser a novidade, pois não aconteceu no referido jogo, mas pela observação de imagens televisivas. JN