Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

David Dias pode deixar o Progresso

Avelino Umba - 06 de Setembro, 2012

David Dias, que assumiu o comando do Progresso do Sambizanga este ano

Fotografia: Jornal dos Desportos

O contrato do técnico David Dias, que assumiu o comando do Progresso do Sambizanga este ano, em substituição do holandês Jan Brouwer, termina em Dezembro próximo, sendo que até agora não recebeu qualquer proposta de renovação da direcção liderada por Paixão Júnior. Uma fonte do clube, contactada há dias pelo Jornal do Desportos, disse que existe grande interesse da parte de David Dias em dar continuidade ao trabalho que desenvolve na equipa do Sambizanga, mas que tudo depende da palavra do presidente de direcção.

A fonte a que fazemos alusão disse que os resultados nada satisfatórios obtidos pela equipa no campeonato, sobretudo nos últimos três jogos, em que empataram diante do Recreativo do Libolo (1-1), Santos FC (0-0) e Sporting de Cabinda (1-1) não podem ser atribuídos à equipa técnica, pois os jogadores tinham tudo para conquistar os três pontos nas referidas partidas. “Hoje, o clube tem condições nunca antes vistas, que muitos clubes grandes não têm, a começar pelos salários, prémios de jogos, alimentação, alojamento para alguns jogadores, transporte e muitos mais. Se o patrão dá tudo, o empregado deve corresponder às suas exigências. Não é o que está acontecer no grupo, até parece que a rapaziada está vaidosa, talvez por terem melhores condições”, disse a fonte. A fonte defendeu a continuidade do técnico à frente do comando da equipa, para que esta realize uma época sem sobressaltos. AU

O técnico principal do Progresso do Sambizanga, David Dias, mostrou-se satisfeito com a prestação dos seus jogadores no amistoso de ontem de manhã, no estádio dos Coqueiros, com o Kabuscorp do Palanca, embora o plantel às suas ordens tenha perdido por 1-4, num jogo em que o resultado não esteve causa. David Dias disse que o conjunto sambila, apesar da derrota, mostrou evolução em alguns aspectos ensaiados durante a semana de preparação.

“Apesar do resultado não estar em causa, por aquilo que fizemos, não ganhámos porque jogámos com aqueles jogadores que não têm sido muito utilizados. Estamos a trabalhar com eles para ver até aonde podem chegar. Jogámos sem jogadores influentes e isso não nos interessa, pois os presentes mostraram evolução na aplicação de alguns aspectos ensaiados ao longo da semana”, disse. O técnico prometeu continuar a trabalhar para corrigir os erros cometidos por alguns jogadores para que, na altura do reinício do campeonato, estejam ultrapassados.

“Vamos continuar a trabalhar no sentido de identificar os erros para as devidas correcções e melhorar ainda mais, para podermos fazer bons resultados nos próximos jogos”, garantiu. O desafio de ontem de manhã, diante do Kabuscorp do Palanca, foi o quinto realizado pelo Progresso desde que se observa o interregno no Girabola, tendo vencido apenas um, frente ao Misto do Prenda por 4-0. Nos restantes três jogos (sem contar com a derrota frente ao vice-campeão), os sambilas empataram sem golos com o FC do Cazenga, Porcelana do Kwanza-Norte e ARA da Gabela.

NOVO TESTE
O ciclo de amistoso da equipa do Progresso prossegue hoje à tarde, quando, a partir das 15h00, defrontar, pela segunda vez, o Misto do Prenda. A partida está marcada para o campo de treinos dos sambilas, no Complexo Desportivo e Escolar do Sambizanga. Progresso e Misto do Prenda mediram forças pela primeira vez há três semanas, tendo os sambilas vencido por 4-0. A partida de hoje é a sexta do Progresso do Sambizanga desde o interregno do Girabola.

GOLEADA
Progresso perde
com Kabuscorp

A formação do Progresso Associação Sambizanga perdeu ontem, no Estádio dos Coqueiros, por 1-4, diante do Kabuscorp Sport Clube do Palanca, em partida amigável, no âmbito da preparação das duas equipas para a 24ª jornada do Girabola.Sambilas e palanquinos jogam na próxima ronda na condição de forasteiros, sendo que o Progresso, oitavo classificado na tabela de classificação com 29 pontos, defronta no dia 14, às 18h00, no estádio dos Coqueiros, o Benfica de Luanda, 12º com 26, enquanto o Kabuscorp do Palanca, terceiro classificado com 42, joga na Cidadela com o Atlético Sport Aviação (ASA), quinto com 37, jogo marcado para o dia 15, sábado, às 16h00.

No desafio de ontem, o vice-campeão, que jogou na condição de visitado, adiantou-se no marcador, aos 15 minutos, por intermédio de Abel Mafuíla “Saviola”, Agoia (35’), Seleo (65’ e 85’), enquanto Celson, aos 65’, marcou o único golo dos sambilas, num encontro em que os técnicos principais e seus adjuntos, no caso David Dias (Progresso) e Victor Bondarenko (Kabuscorp), tiraram as maiores ilações possíveis sobre o comportamento dos jogadores às suas ordens. AU

FC DO MAQUIS
Maquisardes aprimoram físico


A comissão técnica do FC Bravos do Maquis, coordenada pelo brasileiro Rodrigo Minotti, está a privilegiar a condição física dos jogadores na primeira parte das sessões de treinos que terminam com o acondicionamento técnico-táctico, desde que a equipa regressou ao trabalho, na última segunda-feira, depois da pausa registada na semana passada, que permitiu aos atletas participarem nas Eleições Gerais. A preparação da formação do FC Bravos do Maquis está centrada no jogo da 24ª jornada do Campeonato Nacional, diante do líder Recreativo do Libolo, marcado para o próximo dia 15, no “inferno” de Calulo, uma deslocação considerada difícil pelos maquisardes.

Rodrigo Minotti e seus coadjutores não contam ainda com o plantel completo, mas isso não desmoraliza a comissão técnica, o que se justifica pela dedicação ao trabalho para que a equipa esteja no “ponto” no dia da deslocação à vila de Calulo, ao encontro do campeão e líder Recreativo do Libolo.O FC Bravos do Maquis, depois de defrontar o Recreativo do Libolo, no próximo dia 15, em Calulo, recebe no dia 19, no estádio Mundunduleno, no Luena, o Santos FC, em partida da 25ª jornada. O FC Bravos do Maquis ocupa o sétimo lugar da tabela de classificação com 32 pontos, atrás do Interclube, com 34, e o Atlético Sport Aviação (ASA), com 37. O Girabola retoma no dia 11 do corrente, devido aos compromissos da Selecção Nacional de honras, que no próximo domingo, em Harare, defronta a congénere do Zimbabwe, para a primeira-mão da última eliminatória à fase final do CAN 2013 na África do Sul.