Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Desportivo afasta fantasma dos maus resultados

Benigno Narciso, no Lubango - 03 de Agosto, 2015

Os militares da Frente Sul conseguiram vencer aps sucessivas derrotas no incio da segunda volta

Fotografia: M.Machagongo

A equipa do Desportivo da Huíla afastou, ontem, o fantasma dos maus resultados que assolou a equipa nas últimas jornadas do Girabola 2015, ao vencer, sem convencer, a Académica do Lobito, por 1-0, no estádio do Ferroviário, no Lubango, em desafio pontuável para a 19ª jornada da prova.

O tento solitário de Nandinho apontado aos 7´ acabou por compensar o “enorme” esforço físico da equipa tecnicamente liderada por Ivo Traça. 

A apatia, a falta de acutilância e agressividade evidenciada pela formação da Académica do Lobito, facilitou a missão dos militares da Região Sul que, mesmo com um futebol muito abaixo das suas potencialidades venceram, apesar do festival de falhanços, os estudantes do Lobito que entraram desinteressados e sem ambição aparente para o desafio, como lamentou o técnico Ekrem Asma, desiludido com a postura da equipa. O momento de ascendência dos estudantes, tardou em chegar.

Depois de ter se aguentado como pode durante os primeiros 45´, em que pouco ou quase nada fez para evitar a derrota, tentou inverter o rumo dos acontecimentos no inicio da segunda parte. Acordou tarde.

A pouca duração do equilíbrio neste período do jogo registou-se apenas por pouco mais de 15 minutos, durante os quais a formação que viajou do Lobito chegou com algum perigo junto da baliza defendida por Lambito, com o quarteto defensivo composto por Ally, Bonifácio, Kumaca e Bruno a neutralizarem sempre os intentos dos estudantes.  A pobreza do desafio mereceu o reparo dos técnicos das duas equipas, que reprovaram a qualidade do jogo.