Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Desportivo aprimora os nveis

Gaudncio Hamelay, no Lubango - 05 de Julho, 2016

Militares da Regio Sul trabalham para duelo deste fim-de-semana com o Sagrada Esperana no regresso do campeonato nacional

Fotografia: Arimatia Batista

O técnico principal do Clube Desportivo da Huíla, Ivo Traça, reconheceu em entrevista ontem ao Jornal dos Desportos, no Lubango, que o plantel ainda não apresenta os índices técnicos desejados para competir sem sobressaltos, na segunda volta do Girabola Zap 2016.

Ivo Traça apontou que o conjunto militar da Região Sul, tecnicamente ainda não está bem, porque falha muitos passes e comete erros que estão a ser corrigidos, desde ontem.
Disse que os dois jogos amistosos realizados com o Petro de Luanda, em que perdeu o primeiro por  3-1 e empatou o outro (1-1), serviram para entrosar o plantel, assim como, aperfeiçoar os aspectos tácticos - técnicos dos dois grupos utilizados.

Assegurou que apesar de observar as lacunas, o desempenho da equipa nos amistosos foram mais próximo daquilo que pretende, para esta segunda volta do Girabola Zap 2016.
“Tanto uma equipa, como a outra, o desempenho no amistoso de sábado foi melhor em  relação ao jogo de quarta-feira.

É isso, que pretendemos buscar, ou seja, mais um pouco do grupo. Fomos buscar tanto nos aspectos tácticos, como técnicos, muito embora que ainda tecnicamente não estamos bem. Estamos a falhar muitos passes e em alguns pormenores  não estão bem,  estamos a atacar desta segunda-feira (ontem)  no nosso primeiro treino da semana”, confirmou.

Ivo Traça sublinhou que nesta semana, que marca a preparação para o inicio do segundo turno do Girabola Zap, sente que o grupo tem os níveis de confiança aceitáveis, para começar a competir.

Avançou que os militares da Região Sul trabalham até sexta-feira, para jogar com o Sagrada Esperança da Lunda Norte, da melhor forma possível, em partida referente à 16ª jornada (primeira da segunda volta) do Girabola Zap 2016. Os aspectos defensivos e ofensivos dominam a semana de preparação do Desportivo da Huíla.
  
“Os níveis de confiança para começarmos a segunda volta, embora a equipa venha de resultados negativos, é um pouco complicado. Vamos trabalhar até sexta-feira para  jogarmos  com o Sagrada Esperança da melhor forma possível. O nosso trabalho incide nos aspectos defensivos e ofensivos, a finalização merece igualmente atenção”, disse.