Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Desportivo em casa derrota o CR Libolo

06 de Novembro, 2016

O Desportivo da Huíla fechou com chave de ouro a sua participação no Girabola Zap 2016 ao vencer ontem, de virada, por 2-1, o Recreativo do Libolo,

Fotografia: Vigas da Purificação

Bruno aos 62´ e Avex aos 65 foram os autores dos tentos que permitiram aos comandados de Ivo Traça consumarem a reviravolta no marcador após desvantagem de 1-0 desde os 39´.

Com a permanência já assegurada, Ivo Traça aproveitou o desafio para dar oportunidade e tempo de jogo a muitas unidades pouco utilizadas ao longo da competição. Assim, a actuar com uma equipa de segunda linha, o Desportivo cedo se revelou impotente para contrapor o poderio do adversário que se apresentou no máximo das suas forças com a sua equipa titular.

Por isso, foi com naturalidade e justiça que aos 39´ Wires colocou em vantagem o Recreativo do Libo através da cobrança de um livre directo, há trinta metros em posição frontal da baliza a guarda do guarda-redes Nuno, do Desportivo da Huíla, que se revelou incapaz para travar a trajectória da bola, fruto da execução primorosa.

Na reacção, os militares da Região esboçaram acções esporádicas que, sem surtir efeitos, incomodaram o último reduto adversário. Mas foi na segunda parte que se dá a reviravolta.

Tudo sucede após à entrada acertada do médio criativo Nandinho, solicitado pelos adeptos e lançado pelo técnico Ivo Traça que atendeu a súplica dos aficionados no início da segunda parte.

O melhor marcador da equipa, irreverente e com um futebol progressivo com forte capacidade de desestabilizar contrários, dá ao futebol do Desportivo velocidade, volume de jogo e maior permanência junto da área adversária.

Assim, foi na sequência de uma jogada individual que o aclamado Nandinho, após superar defensores contrários e já na grande área serve Bruno que em posição privilegiada repôs a igualdade no marcador aos 62´.

O tento motiva a equipa que transfigurada passa de dominado à dominador. A velocidade e rapidez nas transições de contra-ataque passam a apanhar a defesa do Libolo desestabilizada e incompleta.

Nisto, aos 65´, na tentativa de travar a todo custo o sufoco causado pelo ascendente ofensivo do Desportivo, Kuagica derruba Mendes em plena grande área e, peremptório, o árbitro João Goma assinala grande penalidade. Avex, chamado a executar, fê-lo com perfeição e fixou o resultado final em 2-1 a favor do Desportivo da Huíla.