Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Desportivo fracassa na primeira volta

BENIGNO NARCISO, NO LUBANGO - 17 de Maio, 2018

Militares da região Sul falham a meta de ponto no primeiro turno do campeonato

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Desportivo da Huíla tem 21 pontos na classificação geral, é o actual quarto classificado do Girabola Zap 2018, registou um défice na sua prestação na primeira volta da prova em que o objectivo era alcançar 23 pontos.
Com este percalço, na concretização do objectivo, a equipa militar da Região Sul está a dois pontos do preconizado pela equipa técnica e  pela direcção do clube.
“No cômputo da primeira volta, ficamos com um défice de dois pontos do que era previsto por nós. Queríamos fazer 23 pontos. Fizemos 21 pontos. Por isso, terminámos a primeira volta do Girabola Zap 2018 com um défice de dois pontos”, disse o treinador Mário Soares.  O técnico referiu, que a definição do número de pontos que se pretendia alcançar, baseou-se no calendário dos jogos e de adversários em casa, pelo que apesar de não se concretizar, afigurou-se como um objectivo alcançável dada as potencialidades e capacidades da equipa.
“Naquilo, que era o nosso calendário em casa, queríamos fazer 23 pontos. Quando olhámos para o calendário e para aquilo que foram as nossas pretensões, era essa a meta que pretendíamos e volto a sublinhar, tendo em conta os jogos que tivemos em casa”, disse.
Ao avaliar com a mais profundidade, Mário Soares sublinhou que ainda assim, os 21 pontos, menos dois do preconizado, não ficam aquém do pretendido. Justificou que caso a representante huilana na prova efectue a mesma prestação e obtenha o mesmo número de pontos na segunda volta, o objectivo da manutenção do clube pode ser concretizado.
“Mas creio que 21 pontos não fogem muito do que nós, a equipa técnica e a direcção pretendíamos. Se fizermos uma segunda volta, igual a esta primeira, a garantia é de que a permanência do Desportivo estará assegurada”, considerou.
Dos 14 jogos que disputou, a formação huilana obteve um pecúlio de quatro vitórias, duas em casa e igual número fora. Teve seis empates e três derrotas, números que colocam a equipa orientada por Mário Soares na honrosa quarta posição, no término da primeira volta do Girabola Zap 2018.