Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Desportivo garante condies financeiras

15 de Fevereiro, 2017

Comunicao e Marketing Clube Desportivo da Hula

Fotografia: Jornal dos Desportos

A direcção do Clube do Desportivo da Huíla e  o Instituto Superior Politécnico Independente (ISPI) assinam nos próximos dias um acordo para cedência de bolsas internas para os alguns atletas. O director de Comunicação e Marketing dos militares da Região Sul anunciou que além da formação académica dos jogadores estão preocupados com a inserção dos atletas na sociedade quando terminarem a carreira.  

“Vamos assinar um convénio no próximo mês com essa instituição de ensino superior dando assim, uma oportunidade de preservarmos a carreira dos nossos atletas no futuro. Quer dizer que a nossa agremiação além da formação desportiva, também estamos preocupados com a dimensão social dos nossos atletas quando terminam a carreira”, assegurou.

Sublinhou que a par disso, a direcção do Clube Desportivo da Huíla, ainda no decurso deste ano, está a fazer demarches no sentido de poder também firmar um contracto com uma outra instituição, mas desta feita um colégio a nível do ensino do segundo ciclo, na perspectiva de poder dar alguma valência aos outros atletas.

Adriano Lopes reconheceu que a formação académica é importante para a garantia do futuro, por isso, sustentou, o clube decidiu apostar na formação académica dos seus jogadores em todos os escalões e modalidades preferencialmente as categorias de formação devido a longevidade do processo.
Salientou que a contra partida do acordo assinado com o ISPI é a divulgação da sua marca em todos os eventos desportivos realizados pela agremiação militar.                       
GH

SITUAÇÂO FINANCEIRA
Desportivo da Huíla garante condições

O director de Comunicação e Marketing do Clube Desportivo da Huíla, Adriano Lopes, garantiu em conferência de imprensa, estarem criadas as condições financeiras para realizarem uma primeira volta do Girabola Zap 2017 sem sobressaltos. Confessou que, apesar de algumas dificuldades promete ultrapassar nos próximos dias de formas a não atrapalhar a preparação da equipa e consequentemente os objectivos preconizados para está época nas provas em que estão envolvidos.

“Nós não escondemos essa realidade do ponto de vista financeiro, mas   para a primeira volta estamos em condições ou temos garantias de fazermos sem sobressaltos e vamos debelando as dificuldades que tivermos nesta vertente”, disse. Explicou que o sponsor principal do Clube Desportivo da Huíla, são as Forças Armadas Angolanas (FAA) e avançou que a direcção tem providenciado alguma parceria quer fora, assim como a nível da cidade do Lubango para atrair outros patricinadores.

“Temos de reconhecer que o apoio local é tímido senão mesmo inexistente, do ponto de vista de apoio, ainda assim temos que fazer aqui menção as instituições que nos apoiam localmente, sobretudo, o Instituto Superior Politécnico Independente, as fábricas Água Preciosa e Tandavala", destacou.
Prosseguiu e assegurou que "temos ainda o suporte particular de senhor Lito que fornece periodicamente iogurte a nossa equipa principal após os treinos e o apoio do Tundavala- AudioVisuais (TAV) na perspectiva de comunicação visual permanentemente, só para citar estes”, indicou.

Neste sentido, Adriano Lopes lançou um repto as instituições públicas e privadas à apoiarem o único representante da província no Girabola Zap 2017, em tudo que estiver ao seu alcance para permitir que a equipa consiga venha fazer uma época desportiva tranquila. “Queremos lançar um repto às instituições públicas e privadas que nós não estamos somente preocupados com o apoio financeiro, mas sim qualquer outro tipo de patrocínio estamos de braços abertos para receber”, apelou.                      
GH