Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Desportivo quer superar terceira posio

Benigno Narciso, no Lubango - 04 de Julho, 2019

O Desportivo da Hula protagonizou o seu maior feito de todas as suas participaes na prova maior do futebol nacional

Fotografia: Agostinho Narciso | Edies Novembro

O director financeiro e administrativo do Desportivo da Huíla, Ezequias Domingos, assumiu, no Lubango, que é objectivo estabelecer a equipa entre os lugares cimeiros da classificação das próximas edições do Girabola Zap, para, a curto prazo, augurar a conquista de um feito que supere a melhor prestação de sempre, que foi a inédita terceira posição obtida na prova passada.
Ezequias Domingos, que falava a volta dos preparativos da equipa para a época 2019/2020, não detalhou se a conquista desse feito perspectivado pelo clube, que passa por superar a terceira posição do ano passado, significa a conquista do título do Girabola Zap ou conquistar a segunda posição.
“O que o Desportivo pretende é criar estabilização do ponto de vista de lugares cimeiros, para que, num futuro não muito longínquo, e se de facto a conjuntura financeira e estrutural nos ajudar, ambicionar outros lugares”, revelou.
O responsável reconheceu haver outras equipas que lutam pelo título, como o Petro de Luanda, o 1º de Agosto, Sagrada Esperança e Recreativo do Libolo, pelo que se afigura uma missão difícil.
“Temos que reconhecer que há equipas que lutam pelos lugares do topo, como o Petro de Luanda, 1º de Agosto, Sagrada Esperança e Recreativo do Libolo, que já foram campeões. São equipas que têm outra estaleca”, afirmou.
O director financeiro e administrativo dos militares da Região Sul realçou, que a equipa tem ocupado lugares que se situam entre os cinco e seis primeiros lugares e que no ano passado obteve uma classificação inédita, terceira posição, pelo que para o Girabola Zap 2019/2020, a ambição é fazer melhor.
“Nas últimas épocas o Desportivo tem se situado entre os cinco a seis primeiros lugares. No ano passado tivemos uma posição inédita, que é o terceiro lugar. Para esta época, claro, os nossos objectivos passam por nos situar entre os cinco primeiros lugares”, exteriorizou.
O Desportivo da Huíla protagonizou o seu maior feito de todas as suas participações na prova maior do futebol nacional, ao classificar-se na terceira posição da edição passada, fruto de uma campanha sensacional, que lhe permitiu somar um total de 50 pontos.