Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Desportivo recebe hoje Kabuscorp no Ferrovia

Gaudncio Hamelay, no Lubango - 15 de Julho, 2018

Mrio Soares no vai contar com o guarda-redes Kissi no jogo desta tarde

Fotografia: Paula Mulaza | Edies Novembro

O técnico do Clube Desportivo da Huíla (CDH), Mário Soares, pretende ter uma equipa “proactiva e reactiva” para anular os intentos do Kabuscorp do Palanca no jogo de hoje,  às 15h00, no Estádio Ferroviário, referente à 23ª jornada do Girabola Zap.
Mário Soares disse estar consciente de que não podem ver a formação palanquina pela  actual pontuação na tabela classificativa, com 23 pontos, pois é sempre um adversário forte e com grande ambições.
“Temos que encarar o que é a realidade, porque o Kabuscorp dentro do campo fez 35 pontos. E é assim que devemos encarar o Kabuscorp no confronto deste domingo (hoje). Se não lhe fosse retirado os pontos, hoje teria 35 e estaria melhor classificado que nós. É assim que vamos encará-lo neste jogo, reconhecendo o favoritismo que se impõe pela sua estrutura”, valorizou.
O técnico dos militares da Região Sul reconheceu que o seu oponente desta tarde é uma equipa com estrutura de campeã, enquanto o Desportivo da Huíla encontra-se no grupo das formações que evitam descer de divisão.
“Respeitando o adversário, vamos ver se conseguimos manter as nossas linhas juntas e anular os pontos fortes da equipa do Palanca”, garantiu.
Mário Soares reafirmou que os palanquinos são muito mais fortes e acrescentou que apesar disso, “temos um plantel pronto para defrontar o adversário”.
O treinador sustentou que depois de aproximadamente três semanas intensa, realizaram uma preparação onde fizeram a gestão de esforço para que no dia do jogo os atletas estejam em condições de corresponderem a exigência dos noventa minutos.
“Visualizamos como o Kabuscorp poderá se apresentar para não sermos surpreendidos. Estamos em condições de contrariar o adversário, quer de forma individual, quer colectiva, sabendo que tem um novo treinador e com outras ideias de jogo. Estamos atentos e a compreender este pormenor”, referiu.
Mário Soares assegurou que querem manter na senda de vitórias para agradar o “nosso público” com uma boa exibição e consequentemente um bom resultado.
“O nosso craque, que é o 12º jogador, tem nos sido muito útil em campo e não há outra maneira se não agraciá-lo com uma boa exibição e vitória. A  rapaziada está compenetrada para isso e sabe o que tem que fazer: respeitar o adversário, mas sem temer,  apesar de ser o Kabuscorp”, frisou o técnico que não vai contar com Milton, Kembwa e o guarda-redes Kissi que se encontram condicionados.