Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Dia decisivo

Pedro Augusto - 30 de Maio, 2019

Clube do Palanca tem quarenta e cinco dias para recorrer da deciso ao Tribunal Arbitral da FIFA

Fotografia: Aro Martins | Edies Novembro

O Kabuscorp Sport Clube do Palanca, campeão do Girabola de 2013, vai disputar o Zonal de Apuramento ao Girabola Zap 2019/2020, pelo facto de a Federação Angolana de Futebol (FAF) confirmar a descida de divisão, não obstante a equipa terminar  em quarto lugar,  o último campeonato da primeira divisão , soube ontem o Jornal dos Desportos,  de uma fonte do órgão reitor da modalidade no país. 

A fonte que avançou a informação ao JD, afirmou que a FAF vai tornar púbico hoje, em comunicado oficial, a decisão federativa, após instrução da Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA), devido à divida contraída pelo clube do Palanca com o antigo internacional brasileiro Rivaldo, que representou o Kabuscorp na temporada 2012.

A direcção liderada por Artur Almeida e Silva, de acordo com a mesma fonte, disse que a FAF tudo fez para  manter a equipa palanquina no Campeonato Nacional da Primeira Divisão, todavia, não foi possível, porque  o elenco de Bento Kangamba não honrou  o compromisso, ou seja, o pagamento na totalidade da divida com o antigo "astro" brasileiro.  A Federação (Angolana de Futebol) tudo fez para manter o Kabuscorp na Primeira Divisão, mas como não houve cumprimento por parte do clube angolano, não tivemos  alternativa,  que não fosse cumprir com a orientação da FIFA, sob pena de sermos penalizados", disse.   

A fonte em alusão avançou,  igualmente,  que o clube do Palanca pode recorrer da decisão,  ao Tribunal Arbitral da FIFA.O diferendo entre o Kabuscorp do Palanca e o antigo atleta Rivaldo remonta de 2015, ano em que a FIFA exigiu o pagamento ao ex-futebolista, pelo período que representou a formação angolana, no valor de 750 mil dólares, acrescidos de uma multa de 23 mil dólares. Por este motivo, na época de 2018, por não cumprimento de tal decisão, a FIFA instou a FAF a retirar  seis pontos aos palanquinos.   

O antigo futebolista Rivaldo, que jogou no FC Barcelona e foi campeão do mundo pela selecção brasileira, em 2002, representou o Kabuscorp do Palanca na época 2012,  efectuou 21 jogos e marcou 11 golos. Kabuscorp do Palanca, clube com raízes no Cazenga, foi fundado em 1994, por Bento dos Santos "Kangamba".  Tem na sua galeria um troféu de campeão do Girabola Zap, que conquistou  em 2013, e uma Supertaça  em 2014.