Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Diamantíferos brilham no Dundo

30 de Julho, 2017

Lundas voltaram às vitórias no campeonato nacional e estão bem posicionados na tabela de classificação

Fotografia: Armando Sapalo| Edições Novembro

Com golos de Bugos, aos 57´, e Feião, aos 60´, na marcação de um penálti, o Sagrada Esperança regressou às vitórias no Girabola Zap. A vítima, em pleno Dundo, foi o Recreativo da Caála. Os diamantíferos tiveram uma entrada de leão no jogo. Ou seja, as bem armadas jogadas de contra-ataques permitiam a equipa da Lunda Norte chegar com alguma facilidade ao último reduto do Recreativo da Caála.

Não obstante o domínio do jogo, os pupilos de Ekrem Asma não conseguiam  criar grandes oportunidades  de golo. Já nos minutos finais da primeira etapa , o Sagrada Esperança baixou de rendimento e abriu espaços para o Recreativo da Caála, que através do avançado Landry, tentou por duas ocasiões violar as redes do guarda-redes Yuri.

O descanso fez bem para o Sagrada Esperança que voltou a entrar com  a mesma postura da etapa anterior, assumindo o domínio total da contenda, sem dar hipóteses aos forasteiros. Com uma nova dinâmica e mentalidade em termos de interpretação das orientações do treinador, os lundas partiram para o ataque com uma \"orquestra\" devidamente afinada. 

Foi assim que o Sagrada Esperança, aos 57´, num autêntico hino ao futebol, por via de uma combinação entre Adó Pena e Lelas, o internacional angolano Bugos, livre de marcação, bateu o guarda-redes Lokwa. Quatro minutos mais tarde, o experiente defesa Silva viu involuntariamente a bola tocar no seu braço quando tentava desviar a trajectória da mesma após remate colocado de Bugos.

O árbitro Aiton Carmelino, bastante atento, apitou para o castigo máximo que o médio Feião bateu com serenidade e classe, bola para um lado e o guarda-redes para outro. Com o segundo golo, os diamantíferos tinha praticamente o resultado do jogo decidido, pois os caalenses desistiram da luta, entregando o jogo ao adversário que soube gerir da melhor maneira o resultado.

EXCELENTE ARBITRAGEM
O jovem Árbitro Ailton Carmelino começa a justificar a sua escolha para os jogos difíceis. Esteve muito bem na partida de ontem, entre o Sagrada Esperança e o Recreativo da Caála, disputado no Dundo. Categoria, determinação e controlo foram os atributos demonstrados pelo juiz de Luanda. Dito de outra forma, o árbitro realizou um excelente trabalho.