Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Diamantferos enterram estudantes

19 de Julho, 2018

A formao diamantfera, sem complexo algum, no estdio do Buraco.

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Sagrada Esperança da Lunda-Norte saiu ontem da casa da Académica do Lobito com três pontos na bagagem, fruto da vitória (2-0) que arrancou em casa daquele adversário, em jogo pontuável para a 23ª jornada do Girabola Zap.
A formação diamantífera, sem complexo algum, no estádio do Buraco, teve arcaboiço táctico para \"enterrar\" as ambições dos estudantes que, diga-se, ontem não tiveram antídoto para estancar a fúria ofensiva da equipa visitante.  Trata-se, assim, de três importantes pontos que galvaniza a equipa para o encontro da 24ª jornada diante do Kabuscorp do Palanca.
Para a Académica do Lobito, orientada por Rui Garcia, o empenho e dedicação não permitiu cantar vitória porque foi um jogo difícil com fortes transições ofensivas do adversário.
No Luena, o dono da casa, Bravos do Maquis, justificou o que trabalhou nos treinos para ganhar o Cuando Cubango, por 1-0, graças à eficiência da sua finalização, sinal de que está a equipa a mudar o quadro negativo em que se encontrava.
Vindo de um empate (1-1) na jornada anterior com o 1º de Maio de Benguela, o Maquis, com a vitória está agora balançada ir à casa do Progresso com pretensão de vencer, na próxima jornada. 
O Sporting de Cabinda, a jogar no seu terreno é que não deu facilidade ao seu visitante, Bravos do Maquis, recebido e derrotado, por 1-0. Deste vez, ao contrário do que aconteceu na jornada anterior - em que perdeu (1-2) para o Domant - o técnico da formação leonina, Emena Kwanzambi, lançou para o campo uma equipa com atitude, porque esteve bem no capítulo do futebol jogado, apesar de cometer alguns erros defensivos que o adversário não aproveitou.