Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Dione reconhece favoritismo do Maquis

Avelino Umba - 22 de Outubro, 2017

Sambilas sabem das dificuldades que tero no duelo no Mundunduleno mas querem os trs pontos

Fotografia: Vigas da Purificao | Edies Novembro

A vantagem pontual que o Progresso Sambizanga tem sobre o FC Bravos do Maquis (38/34) não significa que os sambilas vão ter facilidades no jogo desta tarde, às 15h00, no Mundunduleno, segundo o treinador-adjunto Diogo Pedro \"Dione\", quando fazia para o Jornal dos Desportos a antevisão da partida da 28ª jornada do Girabola Zap.

De acordo com o adjunto de Kito Ribeiro, momentos antes da equipa deixar Luanda para o Luena, palco do jogo desta tarde, os sambilas estão conscientes que vão ter muitas dificuldades no terreno do adversário, atendendo a situação dos maquisardes no campeonato, mas estão motivados e preparados para conquistarem os três pontos, apesar também de algumas contrariedades no grupo.

“Apesar de algumas alterações efectuadas na equipa, em função do estado clínico dos jogadores, atendendo também de prevenção do que poderá acontecer dentro das quatro linhas, aliado pela importância do jogo, preferimos poupar para o próximo jogo alguns jogadores que estão com mazelas” disse, referindo-se a Vá, Nzau, Fofó (dores no joelho direito) e Silva que se encontra amarelado.A par disso, o adjunto de Kito Ribeiro, referiu que tal como a sua equipa, o adversário também está moralizado, daí que o jogo poderá ser equilibrado durante os 90 minutos.

“Todos os jogos são difíceis, sobretudo nesta recta final da prova. Com o Maquis não será diferente, sobretudo a jogar na condição de visitado. De qualquer das formas, trabalhámos para um equilíbrio. Vamos fazer aquilo que costumamos fazer: jogar”, ressaltou  Dione.

Os sambilas têm vindo a realizar um campeonato regular, prova disso é que ocupam o sétimo lugar com 38 pontos na tabela classificativa.

“Para nós, o objectivo é fazer jogo a jogo com objectivo de vencer. O que queremos é ganhar pontos. Vamos motivados para fazer o melhor e o melhor é tentar ganhar”, referiu.

O treinador-adjunto do Progresso Sambizanga concluiu que para a equipa liderada por Kito Ribeiro defrontar um Maquis com potencial nos lances de bola parada,  conforme descreveu, lembrou que, “pela classificação”, o favoritismo reparte-se para ambas equipas, referindo ser “mais uma final” das três jornadas que têm por disputar.

“Dione” apontou a disciplina e humildade como  factores que têm estado na base dos  bons resultados da equipa, que já alcançou a sétima posição com 38 pontos. O Maquis está na décima primeira posição com 29 pontos.