Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Direco descarta dvida com ex-atleta

Edvaldo Lemos - 03 de Novembro, 2018

Toms Faria presidente do Petro de Luanda

Fotografia: Domingos Candncia | Edies Novembro

O presidente do Petro Atlético de Luanda, Tomás Faria, esclareceu na quinta-feira, quando falava em conferência de imprensa concedida no complexo desportivo do Catetão, que o clube não tem registo de alguma dívida com o ex -jogador Avelino Lopes.
O dirigente manifestou o seu descontentamento, pela forma como o assunto está a ser tratado, que preocupa a direcção que dirige. \"Nos últimos dias foram divulgadas algumas notícias que envolvem o jogador em causa, relativo à sua transferência para a equipa egípcia do Al-Ahly, durante a época de 2001/02\", revelou.
Lamentou o facto dos advogados do atleta não apresentarem comprovativos documental, para que se chega à esta conclusão. Disse, mais adiante, que caso se comprove o facto, o clube tem o dever de proceder ao pagamento.
\"Queremos provar ao mundo, que o problema do Petro de Luanda não está em pagar o que deve. O nosso problema está, em ter a certeza de que de facto, existe uma dívida por liquidar. Desde que haja comprovativo de que existiram algumas dívidas, com bases em evidências, podemos pagar a referida dívida\", especificou.
Tomás Faria disse, que o clube tem toda a documentação do contrato celebrado em 2001 pelo jogador, nunca foi notificado em  qualquer processo disciplinar, que fosse instaurado pelos anteriores conselhos de disciplina da FAF.
Disse mais adiante, que vai informar a FAF, uma vez que o prazo para os advogados do jogador expirou na quarta-feira, dia 31 de Outubro, e não comprovaram documentalmente.