Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Direco sorteia prova

Sergio V.Dias, no Cuito - 27 de Janeiro, 2016

Girabairro no Bi arranca no municpio sede com dez equipas e o sorteio acontece j na prxima sexta-feira no Pavilho do Sporting do Bi

Fotografia: jos Soares

A “Taça do Presidente”, a maior prova futebolística de bairros no país, vai ser sorteada na sexta-feira dia 29 no Pavilhão do Sporting do Bié.  Em declarações ao Jornal dos Desportos, na segunda-feira dia 25 , no Cuito, o coordenador  da competição,  Manuel José Chimuco, assegurou estarem criadas  as condições para que a prova, cujo pontapé de saída acontece na capital biena, decorra sem sobressaltos.

O Coordenador do Girabairro na província, informou que numa primeira fase estão inscritas dez formações do município sede, que a princípio vão disputar a prova no sistema todos contra todos a uma volta, apura-se posteriormente o representante da fase provincial.Em relação ao arranque da competição, nos restantes oito municípios, designadamente Andulo, Cunhinga, Catabola, Camacupa, Cuemba, Chinguar, Chitembo e Nharea, revelou que “tudo depende dos apoios que vierem das respectivas Administrações das circunscrições”, defendeu.

Manuel Chimuco reiterou, que houve uma reunião técnica no dia 18 de Janeiro, no Pavilhão do Sporting do Bié, em que foram afloradas questões internas sobre a organização da prova, sobretudo no que concerne à participação dos municípios.Lembrou que ficou acordado, que para as inscrições na competição, cada equipa participante deve fazer-se acompanhar da documentação dos seus respectivos atletas, assim como de um valor pecuniário de 12.500 Akz.

“Cada clube, deve  indicar as cores do seu equipamento principal e o alternativo, assim como o seu campo de jogo”, completou o coordenador da prova na província do Bié.O Cuito vai ser representado  pelas equipas do Ajax Hoji-ya-Henda, Desportivo dos Serviços Prisionais, Atlético Belenenses Clube do Tchissindo, Recreativo do Tchissindo, Desportivo da Engenharia, Enimba do Cantinflas, Costa do Sol do Bié, Sport Cuito Castanheira, Progresso do Catemo e Juventos FC do Cambulucuto.De recordar, que o arranque da “Taça do Presidente na capital biena, deve acontecer na primeira quinzena de Fevereiro.

PROPÓSITO
Depois da cerimónia de posse, a 21 de Novembro,  como novo coordenador do Bié do Girabairro, em que esteve presente Justino José Fernandes, presidente do Movimento Nacional Espontâneo (MNE), Manuel Chimuco reiterou os grandes propósitos do actual Secretariado Provincial do organismo de associativismo do país.

O coordenador do Girabairro no Bié, sublinhou que um dos objectivos da prova da responsabilidade do MNE, “passa pela divulgação dos feitos e da imagem do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, na qualidade de patrono do organismo”.“É nesta perspectiva, que temos trabalhado arduamente na vertente da massificação desta prova, dar igualmente primazia à formação de árbitros, assim como aos activistas e dirigentes desportivos comunitários”, disse o interlocutor do Jornal dos Desportos.De resto e como fez questão de assinalar Manuel Chimuco, é enorme a expectativa em torno da realização da edição de 2016, da “Taça do Presidente”.

lema do torneio
“Unidos no futebol
por uma Angola melhor”


Aguardada com grande expectativa, esta edição de torneio de bairros, vai ser disputada sob o lema “Unidos no futebol de massas, por uma Angola melhor”. Para o efeito, o coordenador da prova, no Bié, Manuel Chimuco, diz esperar que haja uma participação massiva das equipas da província, fundamentalmente dos municípios circunscritos à esta região, do Planalto Central do país.Manuel Chimuco acrescenta, nesse particular, que o êxito do torneio de bairros “depende em grande medida dos apoio institucionais do Governo da Província e das Administrações Municipais”.

“O  Secretariado Provincial do Movimento Nacional Espontâneo (MNE), como órgão que coordena o Girabairro, solicitou à Direcção do Ministério da Juventude e Desportos (MINJUD) do Bié apoio para o efeito, de formas que a prova atinja os objectivos preconizados ”, recordou.Nesta esteira, de acordo ainda com o coordenador do Girabairro, no Bié, propôs-se à Direcção local do MINJUD a realização de uma reunião de trabalho com os membros da Associação Provincial do Futebol do Bié (APFB) e responsáveis municipais, para se traçarem  estratégias em torno da realização da edição de 2016 da referida competição. 
SVD - CUITO


para cumprir a lei
Secretária da Juventude e Desportos adia eleições na APF de Ca
binda

A secretária da Juventude e Desportos de Cabinda emitiu, no final de semana, um comunicado a anunciar o adiamento da realização da assembleia de renovação de mandato, na associação provincial de futebol, que deveria a acontecer no último sábado, em que concorrem os candidatos, Tomas Vaba Lelo, pela lista A, e Joaquim Mota na lista B.

Na referida nota a entidade máxima do desporto nesta província, esclarece que a realização das assembleias de balanço e de renovação de mandatos, no quadro do ano olímpico, 2016, devem a acontecer, em primeiro instância nos clubes, no período de 2 de Janeiro a 30 de Março e depois nas associações desportivas, no intervalo de 1 de Abril a 3 de Junho do ano em curso. O comunicado esclarece que nenhuma associação desportiva da província de Cabinda deve realizar as assembleias de balanço e de renovação de mandatos, antes que os clubes o façam num prazo de 120 dias, conforme está regulamentada na nova lei das associações desportivas. 

Na reunião que o Secretário Provincial da Juventude e Desportos, André Binda, manteve com os clubes locais para explicar as razões do adiamento das eleições na APF, referiu que, o órgão reitor que rege o desporto na província tomou esta decisão pelo facto da nova lei do desporto e das associações desportivas não permitir que as associações desportivas realizem primeiro as suas assembleias, antes dos clubes.

“Peço as minhas sinceras desculpas pelo adiamento da realização das eleições na APFC, mas, temos que cumprir o que está regulamentado na nova lei das associações desportivas. Sei que os candidatos gastaram energias para convencerem o eleitorado a fim de tomarem o cadeirão máximo da associação provincial, por isso, peço aos clubes para começarem a trabalhar de modo a realizarem as suas assembleias nas datas indicadas’’, avançou.

O presidente da mesa da assembleia-geral da APFC, João Chissina Mabiala, pediu os dirigentes dos clubes locais a serem mais dinâmicas na preparação da realização das assembleias de renovação de mandatos, de modo a dar maior impulso no processo da eleição do novo presidente de direcção da associação provincial de futebol. 

‘‘Quero pedir nesta reunião aos presidentes dos clubes a serem mais céleres na realização das assembleias de renovação de mandato. No momento da eleição do novo presidente da APF as direcções dos clubes devem apresentar os comprovativos que confirma a realização de renovação de mandatos. Tenho a certeza que até, agora, nenhum clube já realizou assembleia para indicar novos membros de direcção”, referiu.
Joaquim Suami-Cabinda