Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Divida afasta srvio do banco

14 de Junho, 2018

Romeu Filemon garantiu no ter recebido qualquer sinal do Kabuscorp do Palanca

Fotografia: Nuno Flash | Edies Novembro

Ao contrário do que afirmaram as fontes afectas ao clube da Rua F do Palanca, contactadas pelo nosso jornal e que deram como certo a presença de Kostadin Papic para orientar a equipa, o sérvio corre o risco de não ver consumado o seu desejo. Romeu Filemon garantiu ao JD, até ao fecho da nossa edição, não ter recebido qualquer sinal do Kabuscorp. Agastado com a situação, apesar de manter fé nas palavras do presidente dos palanquinos, de que muito brevemente o pendente será ultrapassado, o técnico revelou não ter recebido nada.
\"Até ao momento que falo convosco, desconheço qualquer movimento financeiro feito pela direcção do Kabuscorp. Fazendo fé nas palavras do seu presidente, continuo a aguardar pelo cumprimento daquilo que devem\", esclareceu. O treinador angolano, contratado em 2016 para orientar a equipa palanquina no mesmo ano, rescindiu o contrato com a direcção do clube no final da época, alegando incumprimentos da direcção, tendo sido depois substituído por Sérgio Traguil, também recentemente demitido e rendido pelo sérvio Kostadin Papic
De lá para cá o diferendo entre as partes prossegue, situação que levou à FAF a sancionar a equipa do Palanca, com a proibição de celebrar novos contratos, por incumprimento com Romeu Filemon e os seus antigos adjuntos (Dombaxi João, Afonso Filho e Kutama Shabani).