Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Domant trabalha para voltar s vitrias

Augusto Panzo - 24 de Fevereiro, 2018

Treinador da equipa de Bula Atumba mantm o ideal de ganhar os jogos em casa

Fotografia: Jos Soares| Edies Novembro

O técnico do Domant FC de Bula Atumba está com um discurso positivo para o jogo de amanhã com o Progresso Sambizanga, em Caxito, referente à terceira jornada do Girabola Zap de 2018.
Francisco André \"Kito\" à conversa com o Jornal dos Desportos, afirmou a necessidade da equipa voltar a vencer no Girabola Zap, de formas a devolver a alegria ao povo do Bengo e em particular à massa associativa do clube.
\"Tal como já referi antes do arranque do campeonato, os jogos em casa são para ganhar e não vamos fugir à regra, neste desafio com o Progresso no domingo\", assumiu.
Reconhece o valor da equipa sambila, mas mantém firme o seu objectivo. \" O Progresso do Sambizanga é uma equipa que conhecemos bem. Conheço a maioria, senão mesmo todos os jogadores que compõem o actual plantel do nosso oponente, isso, dá-me outra visão sobre como montar a estratégia do jogo\", comentou.
Para alimentar ainda mais a ideia de vencer o duelo, Kito diz que viu muitos dos atletas galgarem os escalões do clube do Sambizanga, facto que o deixa tranquilo quanto à possível conquista dos três pontos em disputa.
\"Conheço todos, desde os escalões de formação até aos seniores. Daí, que não vamos entrar em campo com outro pensamento, senão o de fazer um bom jogo e brindar os nossos adeptos com mais uma vitória em casa\", garantiu.
O técnico disse que a equipa está motivada para o jogo com o Progresso, considerou o desaire da ronda anterior em Menongue com o Cuando Cubango FC um acidente de percurso e que já foi digerido.
\"A motivação dos atletas é alta. Já está esquecida a derrota em Menongue. Considero aquilo um acidente de percurso e mais nada. Estamos convictos de um bom jogo este domingo\", perspectivou.
Acrescentou que a falta de concentração por parte dos seus jogadores, nos momentos cruciais, foi o factor principal que esteve na base do tropeço.
\"O grupo está bem, o que faltou foi falta de concentração dos rapazes, no momento em que a componente era essencial\", justificou.
O técnico do Domant FC alertou igualmente, que nas circunstâncias actuais, início de época, todas as equipas estão praticamente ao mesmo nível, não há umas mais competitivas que outras.
\"Também é preciso reconhecer, que todas as equipas estão agora no mesmo nível. Já não há equipas mais competitivas que outras, porque estão a atravessar os mesmos problemas\", recordou.

AMANHÃ NO DANDE
Domant e Progresso no foco da sequência


A atitude de espera, por parte do Progresso Sambizanga, no Girabola Zap, termina amanhã às 15h00, no Estádio do Dande. Os sambilas vão ser baptizados pelo Domant, uma equipa que começou o campeonato a provar que em casa amealha o máximo de pontos possíveis, até mesmo com adversários que aparentam ser mais competitivos, como aconteceu no jogo com o Sagrada Esperança.
Os sambilas estão ansiosos de mostrar serviço, a sangria, a maior do campeonato, deixou todos na expectativa, para ver o que a renovada equipa vai fazer no Girabola Zap 2018. Questões de bastidores, há muito atrasaram a marcha do Progresso, os adeptos sabem disso e estão apreensivos para ver na prática, o valor competitivo do treinador Hélder Teixeira e do seu plantel.
O Domant está a fazer o seu campeonato como programado, dos três resultados possíveis  somou dois, só falta empatar. Fica claro, que os donos da casa querem tudo menos ver o jogo terminar em igualdade, depois do êxito no jogo com o Sagrada Esperança, é normal que o Domant queira olhar para trás para sorrir no seu Estádio.
As duas anteriores jornadas foram agridoces para o Desportivo da Huíla, os militares não perderam, mas não venceram, contudo, tiveram chances de ganhar pelo menos uma vez. É normal que amanhã em casa, no Estádio do Ferrovia, a partir das 15h30, o Desportivo queira pôr um ponto final ao desperdício de pontos e faça o que é capaz, porque tem qualidades para isso, registar a primeira vitória no campeonato com o Cuando Cubango FC.
O primodivisionário entrou com tudo no campeonato, parece que ganhou o gosto à coisa,  mostrou que sabe o que quer, se conseguir provar que está de calculadora na mão contra os do seu campeonato, é muito provável que saia do Ferrovia, no mínimo, com um ponto.
A bola está do lado do Desportivo da Huíla, vai correr mais riscos porque precisa de acelerar no campeonato, a ansiedade é elevada no plantel de Mário Soares, mas se não  controlar a emoção, o Cuando Cubango pode atingir a meta traçada na jornada.
O Recreativo da Caála e o Sporting de Cabinda estão com o mesmo desempenho no Girabola Zap, é por isso que estão empatados, três pontos cada. Há motivos para acreditar num jogo bem disputado, porque os contendores sabem que estão ao mesmo nível, qualquer um deles é capaz de esticar para chegar à vitória.
Por jogar em casa, os caálenses vão querer ser bons anfitriões e puxar pelos visitantes, quanto mais o Caála correr, mais o Sporting faz o mesmo. O Caála quer ficar bem na foto para os seus adeptos, vai correr os riscos necessários para somar e seguir no campeonato.
Os leões começaram o campeonato, dentro das previsões, o sorteio não foi de todo favorável, mas a equipa leonina vai fazer pela vida nos jogos com as equipas menos sonantes, como o Caála, para somar um ponto, no mínimo, que vai ser sempre melhor do que a derrota.
 BF