Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Elias pede calma

Augusto Panzo - 13 de Maio, 2016

Direco do clube aviador tem mesa muitos candidatos mas o momento exige maior concentrao para a escolha no dizer do presidente

Fotografia: Joo Gomes

O novo treinador da equipa principal de futebol do Atlético Sport Aviação (ASA), que vai substituir o brasileiro Roberto do Carmo "Robertinho", vai ser conhecido apenas na próxima semana. Por isso, o presidente do clube aviador, Elias José, pede muita calma e paciência à massa associativa e aos adeptos. 

Indagado sobre as razões do alargamento do prazo para mais uma semana, Elias José disse precisar de pelo menos mais uma semana, porque as últimas propostas que recebeu requerem muita habilidade para dar a devida anuência a uma delas.

"Precisamos de pelo menos mais uma semana. O ASA vai ter um novo treinador e nós estamos conscientes disso. Mas tal como já o afirmei antes, quem corre muito, tropeça. Vamos tentar fazer as coisas com cabeça, tronco em membros, para que não possamos cometer erros", declarou.

A escolha do novo treinador, de acordo com Elias José, em entrevista ao Jornal dos Desportos, não parece fácil, devido ao elevado número de técnicos que manifesta disponibilidade de assumir as rédeas técnicas da equipa, o que exige um estudo minucioso dos currículos de cada pretendente em causa.

"Para quem está fora, as coisas podem parecer fáceis. Mas cá dentro essa é uma situação que requer muita cautela, razão pela qual espero que a nossa massa associativa tenha um pouco mais de calma. Os treinadores existem no mercado, e nós temos recebido muitas propostas provenientes deles. Mas a verdade é que devemos ser um pouco mais cautelosos nos critérios da escolha", afirmou.

A primeira lista incluía nomes como do antigo seleccionador nacional Romeu Filemon, Agostinho Tramagal e Arnaldo Chaves, mas acima destes surgiram mais candidatos que, por razões de segurança do negócio, Elias José preferiu manter no anonimato.

"Para além daqueles técnicos que havia anunciados, existe outro grupo na mira, cujos nomes prefiro manter no sigilo, para a própria segurança do negócio. Estamos a conversar com eles, e vamos ver qual das propostas nos convém", acrescentou.

A direcção do ASA atingiu a exaustão no último fim-de-semana, quando a equipa voltou a perder no Girabola Zap 2016, pela sexta vez consecutiva, o que levou à demissão do brasileiro Roberto do Carmo "Robertinho", por maus resultados.