Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Equipa tcnica sambila apreensiva com a segunda volta

AVELINO UMBA - 09 de Janeiro, 2020

Fotografia: P. Mulaza

A equipa técnica do Progresso do Sambizanga, liderada por Hélder Teixeira, encara a segunda volta do Girabola Zap com certa apreensão. A posição na tabela de classificação, aliada  aos problemas que enfrenta, deixam  os sambilas numa condição complicada.
Depois das dispensas, na segunda-feira, do ponta -de -lança Moco, emprestado pelo Interclube, do central Kibeixa e do médio Gogoró, embora não revelada as razões da cedência dos três jogadores, o JD apurou que deveu-se à fraca produtividade ao longo da primeira volta.
Segundo uma fonte afecta à equipa sambila, além das dispensas desses \"veteranos\", estão ainda na iminência de deixarem o plantel que ocupa a 14ª posição do Girabola, o médio central Medá, os alas Kiloy e Vanilson, que elevam para seis as saídas de atletas.
Depois de uma primeira volta longe do perspectivado, a equipa técnica liderada por Hélder Teixeira está forçada a contar com os jogadores disponíveis, pois, não conta com nenhum reforço para à fase decisiva e derradeira do Girabola Zap. 
A sanção imposta pela FAF, pelo facto da direcção não ter honrado com os compromissos contratuais para com alguns atletas que representaram o clube,  aliás, que está na base desta decisão agravada ainda com a situação dos sambilas, que se encontram na linha de água.
O calendário do Progresso do Sambizanga,  nas primeiras quatro jornadas da segunda volta, pode ser decisiva para as suas aspirações. Na 16ª ronda visita o 1º de Agosto e depois recebe o Petro de Luanda, desloca-se em seguida a Calulo ao encontro do Libolo, mede forças depois  com a Académica do Lobito.
Dos 16 pontos possíveis, diante de adversários bastantes difíceis e a efectuarem uma campanha aceitável, Hélder Teixeira e pupilos têm de \"amealhar\" o maior número possível, sob pena de hipotecarem as suas aspirações.
Por outro lado, o ambiente nas hostes da massa associativa sambila não é dos melhores. Os adeptos estão agastados com o desempenho da equipa, a julgar por aquilo que foi o resultado da primeira volta do Girabola Zap 2019/20, 14º classificado com 12 pontos, resultante de três vitórias, igual número de empates, nove derrotas, marcou apenas dez golos e sofreu 18.