Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Estrangeiros podem jogar

07 de Julho, 2016

Jogadores ( ns 33 e 26) contratados para a segunda volta do campeonato aptos para as opes do treinador Jos de Carvalho

Fotografia: Jos Cola

O camaronês Fabrice Fosso e togolês Sérge Seko, reforços do Atlético Sport Aviação (ASA) para a segunda volta do Girabola Zap 2016, estão aptos a serem utilizados pelo clube, nos desafios sob a égide da Federação Angola de Futebol (FAF), depois que foram enviadas para a entidade que rege o desporto-rei no país , os Certificados  Internacionais de Transferências (CIT).

A confirmação foi feita ontem ao Jornal dos Desportos, pelo director para o futebol do clube aviador, Roberto Bravo da Rosa, que acredita  ultrapassados um dos grandes imbróglios que o ASA podia encarar na fase complementar do campeonato.

"Já estamos em condições de utilizar os reforços adquiridos, para a segunda volta do Girabola Zap 2016. Refiro-me  aos estrangeiros, como o atacante camaronês Fabrice Fosso, e o meio - campista togolês, Sérge Seko, com os quais não  contámos no jogo dos oitavos de final da Taça de Angola", afirmou.

Interrogado sobre a razão fundamental do impedimento, Bravo da Rosa disse que isso  deveu-se ao atraso no envio da documentação, por parte da federação camaronesa de futebol.

"A federação dos Camarões não nos enviou à tempo os documentos dos jogadores,  que por sua vez e ao abrigo dos regulamentos da FAF, fez  que aqueles reforços não fossem autorizados a jogar,  na Taça de Angola", esclareceu.

Na mesma condição  encontrava-se o médio Bebé, proveniente do Interclube, que não foi utilizado na partida  referida, mas que já pode ser opção para a equipa técnica comandada pelo treinador José de Carvalho "Corola".

"Tivemos outro caso igual com o Bebé, que veio do Interclube. Até ao dia do jogo com o Recreativo do Libolo, para a Taça de Angola, o jogador em causa ainda não estava autorizado a jogar pelo ASA, porque existia um pendente administrativo junto da FAF. Tal como os outros, esse pendente está igualmente ultrapassado e Bebé pode entrar nas contas do treinador Corola, desde que este, ache necessária a sua utilização", disse.

O Atlético Sport Aviação (ASA) defronta a Académica do Lobito no domingo, no Estádio do Buraco, em desafio para a 16ª jornada do Girabola Zap.

VISÃO
Corola promete equipa aguerrida


O treinador do Atlético Sport Aviação (ASA), José de Carvalho "Corola", está esperançado em criar um conjunto mais espevitado em campo, com a entrada dos novos reforços, razão pela qual prometeu que o grupo de trabalho apareça mais actuante nessa segunda volta, cujo arranque  prevê-se para sábado, em vários campos. Corola lançou o repto no final da partida  ASA - Recreativo do Libolo, referente à Taça de Angola que o conjunto do Calulo venceu, embora a equipa do aeroporto desse uma boa réplica ao adversário. 

"Infelizmente, perdemos este jogo da Taça de Angola, diante de um adversário muito forte, que tem um dos melhores planteis do Girabola. Mas deixámos  a imagem daquilo que será o ASA nessa segunda volta", disse.  Partindo do optimismo manifestado, em função do que os seus pupilos produziram ao longo do jogo, Corola voltou ao conselho de continuar a trabalhar, porque os resultados só podem aparecer com muito empenho.

"Vamos continuar a trabalhar, porque em função do que ficou aqui patenteado pelos meus jogadores, estou em crer sem dúvidas que os resultados vão naturalmente aparecer. Tenho bons indicativos desses jogadores", afirmou. A entrada de novos reforços agradou igualmente ao técnico Corola, que acredita encarar a segunda volta com muito optimismo.
"Vou dizer-vos que com a entrada desses novos reforços, eu encaro a segunda volta do Girabola Zap 2016 com muito optimismo. Sobretudo agora, que a questão burocrática que pendia sobre alguns deles já está ultrapassada. Claro que a entrada destes atletas agrega alguma qualidade ao nosso conjunto", aflorou.
AP