Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Estudantes do Lobito com lio para vencer

Julio Gaiano - 23 de Agosto, 2018

Filipe, Kambi, Zebedeu, Johnson e Projecto; Vander, Lindala, Cludio e Germano (ou Gaston Tshabalala); Jiresse.

Fotografia: Jornal dos Desportos

O técnico da Académica Petróleos do Lobito, Rui Garcia, considerou difícil o desafio contra o Recreativo da Caála, marcado para a partir das 15h00 de hoje, no “mítico” estádio Mártires da Kanhala, mas garante ser sua pretensão vencer e cimentar os níveis de confiança e maturidade, que os seus jogadores adquiriram ao longo da competição.
\"Vamos defrontar um adversário, que está a subir de rendimento competitivo. Nas últimas jornadas produziu bons resultados, fruto do trabalho que a sua equipa realiza, aliado a experiência com a juventude\", disse. 
\"Não vai ser fácil, ainda assim, queremos vencer. Trabalhámos para tal, tanto mais que a equipa precisa de pontuar e confirmar o seu estado evolutivo conseguido ao longo da competição\", assegurou.
Sobre o longo período que a prova parou (21dias), mereceu do professor Rui Garcia algum reparo, pelo que, na sua óptica, contribui negativamente na imagem do futebol nacional, diante da crítica internacional.
\"O futebol nacional já ganhou uma projecção além fronteira, por isso não faz sentido parar tanto tempo, para dar espaço a situações que devem ser evitadas. É claro que não foi vontade da FAF parar, muitos factores influenciaram para que tal sucedesse. Todavia, não foi boa decisão, para sermos justos connosco mesmo\", reforçou.
A Académica do Lobito ocupa a 5ª posição com 37 pontos, e em caso do triunfo, chega aos 40 pontos, e confirma o estatuto de \"equipa sensação\" do GirabolaZap2018. Para isso, apesar de o técnico não avançar com o \"onze\" inicial, para defrontar o Recreativo da Caála, tudo indica que o Rui Garcia pode apostar em Prince; Filipe, Kambi, Zebedeu, Johnson e Projecto; Vander, Lindala, Cláudio e Germano (ou Gaston Tshabalala); Jiresse.