Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Estudantes em casa com lio estudada

Jlio Gaiano, no Lobito - 15 de Outubro, 2016

Estudantes esto reanimados e esperam repetir a proeza de Ndalatandona recepo em casa aos visitantes huilanos

Fotografia: Jos Cola

A vitória da Académica do Lobito na deslocação ao Cuanza Norte na visita ao Porcelana FC na ronda passada relançou a esperança da manutenção no campeonato nacional da primeira divisão onde hoje, para a 27ª jornada defronta o Desportivo da Huíla, a partir das 15 horas, no Estádio do Buraco.

Os estudantes estão reanimados e esperam repetir a proeza na recepção em casa  aos visitantes huilanos, adversários do seu campeonato na fuga á despromoção.

Do ponto de vista psicológica a equipa revela melhorias e querem proporcionar a alegria à massa associativa lobitanga que, de certeza, estará em bom número no estádio do Buraco.Em declarações ao Jornal dos Desportos, o director-geral da Académica do Lobito, Duarte Adriano “Esquerdinho”, caracterizou a equipa treinada pelo técnico Ivo Traça de imprevisível e capaz de surpreender qualquer adversário. 

O director da formação lobitanga assegurou que a equipa está precavida e tudo faz para não voltar a perder mais pontos em casa. Os incentivos materiais e psicológicos estão criadas, facto que anima o grupo que só pensa nos três pontos. “Este é daqueles jogos em que a equipa está condenada a não facilitar. A esperança pela manutenção no Girabola Zap dependerá da atitude dos nossos jogadores neste encontro. Um resultado que não venha a ser a vitória pode ser muito mau para as nossas aspirações”, realçou.

Na primeira volta, no estádio do Ferroviário, os estudantes suplantaram os militares, por 2-1.


Despotivo da Huíla
Técnico Ivo Traça prevê dificuldades


O técnico Ivo Traça, cuja equipa ocupa a décima segunda posição da tabela geral com 29 pontos, com grandes possibilidades de permanência, prevê um jogo difícil hoje, no Lobito, diante da Académica local, mas assegurou que, contudo, o objectivo é vencer no estádio do Buraco o desafio pontuável para a 27ª jornada da prova.

Ivo Traça prefere conquistar vitórias sem grandes exibições nos próximos quatro jogos por disputar  até ao término do Girabola Zap 2016, por defender que a necessidade de somar os pontos necessários para a manutenção da equipa se sobrepõe às boas exibições.

“Neste momento estamos a precisar de pontos e não de fazer grandes exibições. Necessitamos de vitórias. Estamos a trabalhar. Para adeslocação ao Lobito, entendemos que é mais um jogo difícil. A solução é o trabalho, ir ao Lobito, jogar para somar os três pontos”, definiuIvo Traça.

O treinador reforçou que pela aflição em que o conjunto se vê envolvido motivada pela necessidade de vencer o máximo de jogos possíveis, dos quatro por disputar, para evitar a despromoção, é natural que a equipa se apresente com exibições menos conseguidas. “Porque também pela aflição que nos encontramos não é fácil fazer os jogos com níveis de exibição que se esperam ou que muitos desejamver”, reforçou.

Contudo e apesar de reconhecer a “fragilidade emocional” e a condicionante decorrente da realidade da equipa na tabela classificativa, o técnico alertou os seus pupilos para a necessidade de se evitar falhas clamorosas, sobretudo na defesa, numa clara alusão ao erro defensivo que culminou no golo do 4 de Abril, no último domingo, no estádio do Ferroviário, no Lubango, situação que obrigou a equipa a redobrar empenho para dar a volta a desvantagem de 1-0 para o 3-1 final.“Isso tem de se rever bem porque não é possível uma equipa de alta competição sofrer o golo como sofreu. Os atletas têm de estar mais atentos, com mais agressividade”, alertou na convicção de que a equipa não volte a claudicar na deslocação ao Lobito.

A concorrer para isso, Ivo Traça apostou durante a semana de treinos, na correcção e potencialização da solidez defensiva o que permitiu dotar o sector mais recuado de maior segurança e firmeza.

A preparação desenvolvida por Ivo Traça e seus coadjutores foi abrangente, apesar de definidos aspectos mais em voga, pelo que não se cingiu apenas na vertente defensiva.

A equipa está apta a superar as adversidades diante da Académica e arrancar o triunfo.
BENIGNO NARCISO, no Lubango