Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Estudantes prometem "bater" campeo

Jlio Gaiano, em Benguela - 08 de Dezembro, 2018

Os lobitangas asseguram que, desta vez, a histria vai ser diferente.

Fotografia: Jornal dos Desportos

Os resultados obtidos pelo 1º de Agosto nas últimas jornadas da presente temporada, realce a goleada (5-0) sobre o Santa Rita de Cássia FC, gerou uma certa agitação e incerteza, quanto ao potencial da Académica do Lobito, com quem joga amanhã, às 15h30, no estádio de Ombaka, para a quinta ronda do Girabola Zap 2018/2019.
O 1º de Agosto é forte, porém está fragilizado e desanimado pela derrota  diante de AS Otôho de Oyo do Congo, por 2-0, e que ditou o seu afastamento das Afrotaças. Um facto que pode facilitar os intentos dos comandados de Júnior Paulino “Biggú” para facturarem.
Aliás, segundo informações recolhidas da equipa técnica da Académica do Lobito, o ponto fraco do 1º de Agosto está no centro da defesa. Para além de pesado e lento, é bastante faltoso. Acrescer a isso, apresenta um colectivo vaidoso e que facilmente, quebra emocionalmente, partindo para a prática de jogos violentos. Factos que poderão ser explorados, para o almejado triunfo.
No desafio realizado frente ao Santa Rita de Cássia FC do Uíge, segundo os membros da equipa técnica lobitanga, deu para reparar isso. Ou seja, quando a formação uigense subia no terreno, os agostinos atarantavam-se. Mas, a estrelinha da sorte, aliada à ingenuidade dos então orientados por Nseka Nitoya (agora substituído por Paulo Saraiva), pesou no desfecho do resultado final.
Os lobitangas asseguram que, desta vez, a história vai ser diferente. O 1º de Agosto vai encontrar uma Académica do Lobito avisada e disposta a não ceder. Prometem bater o pé ao adversário e inverter as tendências que pesam a seu desfavor. O grupo está coeso, forte e confiante na conquista dos três pontos.
“Trabalhámos para isso. Queremos ganhar e provar, que o adversário não é tão poderoso como se lhe apregoa. Temos um grupo unido e preparado para somar os três pontos. Não vai ser fácil, reconhecemos, porém, não temos escolha senão pensar única e simplesmente na vitória”, comentou o jovem atacante Gaston Tshabalala, que promete marcar e dedicar o triunfo aos adeptos.