Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Estudantes querem surpreender CRC

Jlio Gaiano - Lobito - 03 de Novembro, 2018

Acadmica Petrleos do Lobito est com a mquina afinada

Fotografia: JA Imagens | Edies Novembro

A  Académica Petróleos do Lobito está com a máquina afinada, para o confronto com o Recreativo da Caála, que acontece no domingo, às 15h00’, no Estádio Mártires da Kanhala,  jogo aguardado com fortes expectativas entre os associados e adeptos afectos à formação lobitanga, que prometem deslocar-se em massa ao Estádio, para torcerem pela vitória dos estudantes.
Durante a semana, a equipa sob as ordens do professor Júnior Paulino trabalhou os fundamentos técnicos e tácticos, com alguma insistência na finalização e nas transições de defesa ao ataque. A entrega dos jogadores foi notória, para a satisfação dos técnicos que admitiram dificuldades no processo de eleição do “onze” inicial, para o embate de amanhã à tarde.
Depois da fragilidade demonstrada no ataque, no jogo de estreia esta época, não obstante a vitória, de 3-0, os estudantes denotaram ainda certa descoordenação no centro da defesa, com Cristiano Kitembo e Nzuzi a acusarem falta de sincronia, enquanto os avançados Gaston Tshabalala e Belito foram perdulários e cometeram desinteligências acentuadas.
“É certo, que em equipa que ganha não se deve mexer, mas acontece que no jogo passado, denotamos algumas fragilidades nos três sectores, por isso, julgamos necessário experimentar outros jogadores. Esperamos deles uma resposta favorável aos nossos desígnios, para este embate”, confidenciou o técnico.
Júnior Paulino considerou que a CRC é uma formação forte, em casa,  capaz de surpreender qualquer equipa. “Apesar de ainda não o termos visto a jogar, na presente temporada, conhecemos o seu ‘ADN’ futebolístico. É uma boa equipa e com bons executantes, acima de tudo, é uma equipa disciplinada e com forte engodo para a baliza, mas nem por isso, nos assusta, pelo contrário, trabalhámos a pensar neste jogo, de forma a não sermos surpreendidos. É óbvio, que queremos ganhar o jogo, mas o empate não será mau, para os objectivos preconizados”, comentou.Sem precisar a equipa inicial para o jogo de amanhã, frente ao Recreativo da Caála, o Jornal dos Desportos apurou, que Júnior Paulino pode apostar no sistema táctico versado em 4x4x2, desdobrável para 4x5x1,  formado por Rui - Kalunga, Cristiano Kitembo, Libero (ou Nzuzi) e Faustino- Kambi, Ayala, Vadinho e Márcio Luvambo- Belito e Quinho (ou Lelas).