Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Falta de eficcia trai sambilas nos jogos

Avelino Umba - 16 de Agosto, 2016

Acadmica do Lobito aproveitou bem as falhas

Fotografia: Jornaldos Desportos

A falta de eficácia do ataque do Progresso Sambizanga é apontada como a principal causa dos sucessivos empates da equipa na segunda volta do Campeonato Nacional de Futebol da Primeira Divisão, Girabola Zap, disputada que estão 21 jornadas. O facto foi revelado domingo último, no estádio da Cidadela, pelo treinador Albano César. 

De acordo com Albano César, que lamentou o quarto empate em seis partidas nessa fase da competição, a equipa cria inúmeras oportunidades de golos mas tem faltado arte na hora da concretização, prometendo, com isso, redobrar esforços no trabalho para corrigir tais deficiências.  "Faltou concentração e um pouco de sorte do nosso lado ,porque daquilo que demonstrámos, durante os 90 minutos regulamentares, seria justo uma vitória", lamentou o técnico sambila, depois do empate (0-0) diante da Académica do Lobito na 21ª ronda. 

Albano César  explicou que Académica do Lobito aproveitou bem as falhas da sua equipa, que não soube tirar proveito de tudo demonstrado no jogo.
"No primeiro tempo do jogo tivemos várias oportunidades seguidas, os meus jogadores infelizmente não souberam aproveitá-las, porque daquilo que demonstrámos durante os 90 minutos regulamentares", disse.O técnico apontou igualmente a falta de concentração dos seus avançados durante a primeira parte da partida como a causa do empate averbado no estádio da Cidadela.

"As primeiras oportunidades não foram concretizadas em golos, sobretudo a aquela que tivemos na primeira parte, pois acredito que de tivéssemos marcado aquele golo, ganharíamos o jogo. Foi mérito do adversário, porquanto nós poderíamos definir a partir daquele momento a situação do jogo. Falhámos muitas oportunidades, o adversário foi inteligente, verificou que o resultado estava assim e começou a fazer o seu jogo e nós caímos nessa", referiu.

Apesar de não serem maus resultados de todo - duas vitórias e quatro empates - a verdade é que não deixa a equipa bem encaminhada à conquista do quinto lugar,  a julgar pela posição em que se encontra na tabela de classificação, 8º com 28 pontos. Sem desprimor para os jogos anteriores, a equipa de Albano César teve muitas oportunidades no jogo com os estudantes do Lobito. Foi a mais regular, com maior posse de bola. Teve muitas oportunidades de marcar, com as bolas a tirarem tinta ao ferro, mas não concretizados em golos. Com isso, Albano César promete aumentar os níveis de confiança da equipa, principalmente dos avançados, para que a equipa consiga nos próximos jogos, a começar já na 22ª jornada, no estádio dos Coqueiros, diante do Kabuscorp do Palanca, num dos dérbi de Luanda.