Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Filemon augura primeira vitria

Manuel Neto - 14 de Julho, 2016

Tcnico do Kabuscorp do Palanca est a aprimorar com rigor a estratgia de jogo para evitar mais um desaire no seu consulado e conquistar assim os primeiros trs pontos na prova

Fotografia: kindala Manuel

O Kabuscorp do Palanca está a aprimorar com rigor a sua estratégia de jogo para evitar os erros  cometidos na jornada anterior do Girabola Zap diante do Recreativo do Libolo em jogo da décima sétima jornada . O técnico principal, Romeu Filemon, se a estratégia for eficiente, pode alcançar a sua primeira vitória.

O treinador assumiu o comando técnico em substituição do demitido Miler Gomes e realizou apenas dois jogos, tendo perdido o primeiro diante da Académica do Lobito, aos penáltis, em jogo  que ditou o afastamento da equipa  da Taça de Angola  e voltou a perder o segundo por 3-1, frente  ao Recreativo da Caála,  para o Girabola Zap .

A equipa cumpriu um curto estágio de 20 dias  na província de Benguela, onde Filemon  procurou dotar o grupo de argumentos suficientes para realizar uma segunda volta sem sobressalto, rumo ao título, objectivo principal  para o qual foi chamado pela direcção do clube, segundo o presidente Bento dos Santos (Kangamba) em declaração à imprensa na derrota da  sua equipa diante da  Académica do Lobito.

"A Taça de Angola não nos interessa, porque o mais importante para nós a é a luta pelo Girabola Zap. Por isso , vamos continuar a trabalhar a pensar neste grande objectivo", disse.

Ciente deste almejado objectivo, o técnico  Romeu Filemon mostra-se um homem tranquilo. e, por esta razão, o destaque desde terça-feira, que foi o primeiro dia da semana de  treinos,  a equipa técnica tem trabalhado com rigor de forma integral, com realce para o aspecto defensivo e a finalização,  pergaminhos que foram mal processados no jogo da jornada anterior  diante do Recreativo do Libolo.

A equipa ocupa a 4ª posição da tabela de pontuação com 27 pontos menos  6  em relação ao seu adversário  que tem 33 e ocupa a segunda posição e pode encurtar a distancia caso vença o jogo  de sábado.

O histórico entre a equipa do Kabuscorp e o Recreativo do Libolo data de 2008, ano em que a turma palanquina  começou a disputar o Girabola. Oo fiel da balança pende favoravelmente para a turma de Calulo.