Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Filemon recusa atirar toalha ao tapete

Manuel Neto - 09 de Setembro, 2016

Romeu Filemon admite lutar at a exausto

Fotografia: Jornal dos Desportos

O técnico principal da equipa do Kabuscorp do Palanca, Romeu Catato Filemon, que substituiu o então técnico Miler Gomes do comando técnico dos palanquinos, à  entrada da segunda volta do Girabola Zap, disse ao Jornal dos Desportos que há quatro jogos vem notando uma evolução competitiva no grupo que dirige.

"Isso começou no jogo com o 1º de Maio de Benguela e  o Progresso do Sambizanga para o Girabola e pude vislumbrar ainda que  nos jogos que realizamos  referente ao quadrangular do aniversário do presidente  da República aparecemos ainda melhor. Em suma o grupo  já apresenta  indícios de enquadramento ao  modelo de jogo que  pretendemos  implementar para o Girabola Zap",disse. O técnico palanquino, ainda assim, prometeu continuar a trabalhar para fortalecer cada vez mais o grupo, embora reconheça que a mudança de modelo de jogo implica trabalho, paciência e tempo.

"Sabemos que fui chamado a substituir os dois técnicos, o Miler Gomes e o Bodunha, é claro que eles tinham o seu modelo de jogo concebido com muita qualidade e como substituto,  tenho de lutar para ter igualmente o meu modelo e nesta esteira a ambição é ainda maior pelo facto de ter encontrado um  grupo de trabalho com atletas com alguma  qualidade", disse.  "Mas  estou ciente que com muito trabalho podemos evoluir cada vez mais dentro do estilo que pretendemos. Por isso, deve haver calma para que o grupo faça o seu trabalho com tranquilidade", acrescentou.

Romeu Filemon considerou positiva a participação do grupo no Torneio alusivo ao aniversário do patrono da FESA onde se sagrou na segunda posição da prova, tendo perdido na final frente ao 1º de Agosto a vencedora do Torneio.

"Foi uma participação positiva na medida que pudemos rodar  a maior parte do plantel. È claro que a conquista da Taça seria mais valiosa, mas ainda assim sinto-me satisfeito com o desempenho dos atletas"


CONFIANÇA
Discussão do título
na mira de técnico


A luta pela conquista do Campeonato Nacional de Futebol, Girabola Zap é um facto que continua bem patente nas hostes do  grémio dirigido por Bento dos Santos Cangamba, disse o técnico  Romeu Filemon.

"Reconheço ser  uma missão difícil, mas  em nenhum momento  atiramos a toalha ao  tapete. Alias, o Kabuscorp é um grande clube e  sempre que participa em competições  fá-lo com  o objectivo de vence-los  e esta  competição não foge a regra, porque ainda temos jogos pela frente que nos dão essa possibilidade",explicou. Romeu Filemon sublinhou que o grupo que dirige está ciente da difícil missão que têm pela frente e a julgar pelo empenho dos principais concorrentes, não resta outra coisa a fazer que não seja a de lutar até a exaustão.

"Temos concorrentes muito fortes, mas nós devemos apenas fazer a nossa parte que passa pela árdua continuação na  luta por essa conquista que foi traçada para esta época, trabalhando com muita dedicação e rigor",disse.
MN