Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Fissy e Diakit falham Saurimo

Jorge Neto - 05 de Agosto, 2016

Defesa/mdio agostino tem tido poucas oportunidades no

Fotografia: Jos Cola

O médio militar confirmou a ausência do lateral esquerdo e do defesa central na conferência de imprensa, realizada ontem, em que fez a apresentação do quadro clínico do grupo, tendo realçado que Fissy está com uma lesão na coxa e Diakité com uma pobalgia. 

"O quadro clínico que a equipa apresenta é de dois jogadores que não estão bem, o Fissy com uma lesão na coxa e o Diakité que apresentou uma pobalgia, depois do último jogo (diante da Académica do Lobito", disse.

Abel Sanz apontou o caso do central maliano como o mais sensível e por isso, ainda não existe um diagnóstico feito.

"É possível que o Fissy regresse ao trabalho na próxima semana ou teremos que esperar mais outra semana. É preciso termos calma. O caso do Diakité ainda é cedo para fazer um diagnóstico, não é uma lesão grave, mas é numa zona sensível, perto dos órgãos genitais", concluiu.

A equipa do 1º de Agosto na ronda passada goleou a Académica do Lobito, por 5-0, lidera o Girabola Zap com 43 pontos, em 19 jogos, mais quatro que o Recreativo do Libolo, na segunda posição, formação derrotada pelo Atlético Sport Aviação (ASA), por 1-0.                                      


Mingo Bile de olho na titularidade
Atleta polivalente do 1º de Agosto pode substituir
o castigado Isaac que falha o primeiro jogo na época


O médio/lateral direito do 1º de Agosto, Mingo Bile pode alinhar na equipa titular, pela primeira vez na segunda volta, no desafio de amanhã, às 15h00, no estádio das Mangueiras, em Saurimo, diante do Progresso da Lunda Sul, em partida referente à 20ª jornada do Girabola Zap.

O jogador é o mais forte candidato a ocupar a vaga deixada por Isaac, falha o jogo por acumulação de cartões amarelos, constituindo a sua primeira ausência num jogo dos rubro-negro esta época.

O camisola 7 considerou ontem em conferência de imprensa, realizada no ex-RI20, que o conjunto rubro-negro atravessa um bom momento e antevê mais uma vitória para a equipa às ordens de Dragan Jovic.

"A disposição da equipa é boa, estamos motivados e nos preparamos bem durante a semana para irmos ao encontro do Progresso da Lunda Sul e fazermos um jogo, sempre com o objectivo de ganhar. Sabemos que o adversário joga em casa, vai querer nos complicar, mas não o tememos e tudo faremos para somar os três pontos", disse.

Apesar da confiança, o polivalente jogador do 1º de Agosto reconhece que os militares terão de dar o máximo para sair da Lunda Sul com o sentimento do dever cumprido.

"O adversário vem de uma derrota e nós de uma vitória muito motivadora. Temos os nossos objectivos, apesar de ser um adversário difícil, num estádio de relva sintética. Eles vão tentar jogar de igual para igual, mas nós queremos somar os três pontos", admitiu.

A goleada infringida na jornada anterior à Académica do Lobito, por 5-0, foi encarada como uma situação normal por Mingo Bile, referindo que foi fruto do trabalho que tem sido feito.

"A nossa equipa vem a trabalhar muito à finalização nos últimos tempos e, felizmente, conseguimos finalizar mais do que nos outros jogos. A Académica do Lobito foi sempre um adversário que nos complica, mas nós afinámos o último toque e atingimos um resultado volumoso", garantiu.

O experiente jogador tem sido pouco utilizado pelo treinador Dragan Jovic mas respeita a posição do bósnio, pois, como disse,"a última decisão depende da equipa técnica, mas podem esperar pelo mesmo Mingo Bile, sempre disposto a ajudar a equipa e a corresponder com as exigências do jogo", assegurou.

Mingo Bile acredita que todos os integrantes do plantel militar darão o máximo para que possam siar de Saurimo com os três pontos no duelo de amanhã.


DUELO COM LIBOLO  
 
Histórico favorece Petro


A equipa do Petro de Luanda encerra esta manhã, às 9h00, no Catetão, o ciclo de preparação, tendo em vista o jogo com o Recreativo do Libolo, agendado para domingo, em Calulo, referente à 20ª jornada do Girabola Zap 2016.

Naquele que será o desafio de principal destaque da jornada, realce para o facto de os tricolores encararem o desafio com elevados índices de motivação, sobretudo aliado aos bons resultados habitualmente conseguidos no terreno do adversário.

Nas deslocações efectuadas a Calulo, nos últimos oito anos, o Petro alcançou sempre triunfos, alguns dos quais inclusive por resultados dilatados, a exemplo da vitória por 4-1, conseguida na 4ª jornada do Girabola de 2010.

Em 2008, os tricolores bateram os libolenses por 2-1, mesmo resultado repetido em 2009. Após a goleada (4-1) infligida ao campeão em título em 2010, o Petro manteve-se na senda vitoriosa na época a seguir, tendo voltado a confirmar superioridade em 2011, na altura, com triunfo de 2-1.

Apenas em 2012 o conjunto luandense interrompeu o ciclo de vitórias em Calulo, tendo dividido pontos com o dono da casa, fruto do empate sem golos (0-0). Mas, no ano a seguir, precisamente no Girabola 2013, os tricolores voltariam a dar provas da sua força colectiva e solidez competitiva, ao vergarem os libolenses por 1-0, em jogo da 26ª jornada, disputado no estádio de Calulo.

Já em 2014, na 18ª jornada, o Petro viria a suplantar, novamente, o Recreativo do Libolo, em seu próprio reduto, ao lograr um triunfo por 2-1, com golos de Borges e Job.

Na época a seguir, os tricolores voltariam a consentir novo empate, desta feita por uma bola (1-1), em desafio referente à 8ª jornada do Campeonato Nacional.

O técnico do Petro tem razões de sobra para acreditar na conservação da vantagem que ostentam no histórico de confrontos com o Libolo. A alimentar o optimismo de Beto Bianchi e jogadores no triunfo, está o facto de os jogadores estarem disponíveis para o jogo.

Depois do empate inesperado na jornada anterior, frente ao Recreativo da Caála, é pouco provável que o treinador dos tricolores venha a apostar no mesmo "onze". Ou seja, prevê-se alterações na defesa e meio-campo .

 A viagem da equipa tricolor para a vila de Calulo está previsto para amanhã, às 12h00.                                    

                                           PAULO CACULO