Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Fraqueza defensiva

Jorge Neto - 06 de Abril, 2016

Cala ps fim invencibilidade do 1 de Agosto que a ltima vez que perdeu foi no dia 11 de Julho de 2015

Fotografia: Jos Cola

O Recreativo da Cáala destapou algumas debilidades que a formação do Rio Reco apresenta na defesa  até então reclamada como a mais segura do campeonato.

Assim, à pergunta quem trava a equipa do 1º de Agosto, ficou respondida no domingo com a derrota dos militares no reduto do Recreativo da Caála, após 19 jogos sem perder no campeonato nacional.

A derrota de 2-0 aconteceu de forma inesperada, a julgar pelas grandes diferenças que os dois conjuntos apresentam na tabela de classificação. Ou melhor dito, o primeiro com o último, acrescido do facto dos agostinos terem vencido todos os cinco jogos e os caálenses perdido o mesmo número de desafios.

O Recreativo da Caála quebrou a invencibilidade do 1º de Agosto que a última vez que perdeu foi no jogo com o Recreativo do Libolo, em desafio referente a 16ª jornada da época passada, no dia 11 de Julho, data em que os militares foram derrotados pela formação da Vila de Calulo, por 3-2.

Os golos dos libolenses foram apontados por Diawara duas vezes e Dany, enquanto Gelson e Ndikumana marcaram para os agostinos.

Os agostinos que à entrada da sexta jornada  sofreram dois golos, acabaram por consentir mais dois golos, que se traduzem nas vezes que foram buscar  a bola ao fundo da baliza, num único desafio.

Com isso, os pupilos do técnico bósnio Dragan Jovic estavam há oito meses sem conhecer o amargo sabor da derrota, no que respeita a principal competição nacional de clubes, à nível do futebol.

Ainda assim, nada está perdido. Os rubro - negros continuam na liderança do campeonato de forma isolada, com 15 pontos e na sétima jornada recebem o Recreativo do Libolo, no domingo às 17h00 no Estádio 11 de Novembro.

Tudo aponta que seja o desafio de destaque, pois opõe o actual vice -campeão ao campeão nacional, um adversário que está habituado a marcar golos (8) e que possui uma defesa sólida, com quatro golos sofridos.

MILITARES
Dragon Jovic pode mexer na equipa


Depois do inesperado desaire verificado no final de semana, a equipa do 1º de Agosto treinou ontem no ex-RI20 para preparar o jogo de cartaz da sétima jornada do Girabola Zap, no domingo às 17h00, no Estádio 11 de Novembro.

Os militares regressaram a Luanda na segunda-feira, depois de uma folga e ontem às ordens do técnico bósnio Dragan Jovic começaram a preparar a recepção aos libolenses, com uma sessão virada para os aspectos físicos de recuperação dos jogadores.

Hoje, voltam aos trabalhos com um treino projectado para as questões técnicas e tácticas, a movimentação defensiva e ofensiva, jogadas ensaiadas com cruzamentos e finalização.

A primeira derrota no campeonato não exclui a possibilidade de alterações na equipa principal, razão pela qual Dragon Jovic e auxiliares vão dar particular atenção aos jogadores que devem entrar de início diante da formação da Vila de Calulo.

Os militares querem afastar o desaire de domingo com regresso às vitórias diante do campeão em título, o Recreativo do Libolo, num desafio em que a jogar em casa os militares dificilmente conseguem somar três pontos, nas últimas épocas.   

Presença asegurada no plantel em todos os “onze” inciais vai continuar a ser  o “fosgoso” Gelson que tem cinco golos.
JN