Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Fria de campeo

Augusto Panzo - 17 de Julho, 2016

Formao de Calulo atrasou os intentos do adversrio no despique para conquista do ttulo no campeonato nacional

Fotografia: Jos Cola

Quando tudo parecia que a terceira seria de vez, o Kabuscorp voltou a baquear ontem, ao perder por uma bola sem resposta diante do Recreativo do Libolo, em pleno Estádio dos Coqueiros, que registou uma boa moldura humana.

Com este segundo desaire consecutivo, o treinador Romeu Filemon continua a não ganhar, neste seu regresso como técnico principal de uma equipa do Girabola Zap 2016, apesar do bom futebol apresentado pelos seus pupilos ao longo da partida.

Numa partida emotiva e muito bem disputado, os campeões em título demonstraram muita personalidade em campo e imprimiram uma dinâmica de jogo ao nível dos seus pergaminhos, ante um adversário que não conseguiu afastar o 'mau olhado' que teima em perseguir a formação palanquina.

Se do lado dos libolenses o resultado coloca a equipa de Calulo na perseguição isolada ao líder fazendo uma certa pressão aos "comandantes" da prova, do outro, o resultado de ontem deixa os palanquinos mais distantes do objectivo traçado.

Houve apenas um golo, apontado aos 42´da partida, num duelo entre campeões e aguardado com ansiedade pelos dois conjuntos, do qual saiu vencedora a equipa que se mostrou mais eficaz ao cabo do tempo regulamentar.

Portanto, por aquilo que fez ao longo do desafio seria injusto tirar mérito ao conjunto treinado por Romeu Filemon, sobretudo na segunda parte, onde foi notória alguma quebra do lado dos libolenses, mas também ficou patente a ineficácia dos palanquinos.

Os jogadores tentaram a todo o custo chegar ao golo da igualdade, mas com a lição bem estudada, os adversários não se deixaram levar ao ritmo do opositor, evitando até ao apito final do árbitro Hélder Martins que as suas redes fossem violadas.O juiz do desafio e seus auxiliares estiveram em bom plano, não havendo por isso razões que possam levantar polémica sobre este trio de trabalho chefiado por Hélder Martins, que teve a coadjuvação dos assistentes Gerson Emiliano e Wilson Tyamba. 


OPINIÕES

Romeu Filemon   (Kabuscorp)

"Precisámos de uma vitória"   
Depois do golo sofrido, criamos muitas oportunidades, mas tivemos algumas cerimónias do ponto de vista da finalização. Penso que neste momento, precisámos de uma vitória o mais rápido possível para a equipa recuperar a confiança. Contudo, vamos continuar a trabalhar e procurar vencermos o próximo jogo.

João Paulo Costa  (CR Libolo)

"Temos um grupo fantástico"

Temos um grupo de trabalho fantástico, bastante competente e todos sabem do compromisso que temos e são capazes de fazerem aquilo que a gente quer. Por tudo aquilo que tem sido feito, os jogadores acreditam e quando isto acontece eles podem fazer muita coisa boas. Mérito para a equipa do Kabuscorp que bateu-se muito bem.