Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Gelson supera marca de golos

Jorge Neto - 11 de Maio, 2016

Os dois tentos apontados no domingo passado, no clssico diante do 1 de Maio de Benguela fez o jovem jogador militar ultrapassar o seu registo de 2015

Fotografia: Santos Pedro

O avançado do 1º de Agosto, Gelson, está a realizar uma época de sonho. O jovem goleador já ultrapassou o número de golos marcados por si no ano passado, 10, em que na sua equipa ficou igualado a Mateus Galiano e atrás de Ary Papel, que teve 12 finalizações bem sucedidas. O jogador bateu o seu recorde pessoal nesta competição, somando mais um em relação ao ano anterior e deixando claro que quer conquistar a "bota de ouro", pela primeira vez na sua carreira.

Os dois tentos apontados no domingo passado, no clássico diante do 1º de Maio de Benguela, fez o jovem jogador militar ultrapassar o seu registo de 2015 no campeonato nacional, agora com 11, e colocando-se de longe à frente dos seus mais directos perseguidores na lista dos melhores marcadores da presente edição do Girabola Zap.  Mesmo a jogar com algumas limitações físicas, e depois de ter sido dado como apto pelo corpo médico da equipa, o camisola 27 não se fez rogado. Deixou a sua marca na recepção aos proletários em duas ocasiões.

O primeiro golo foi marcado na sequência de um bom gesto técnico, em que fez um “chapéu” ao guarda-redes adversário e o segundo teve sangue frio para concretizar a grande penalidade.Deste modo, o “matador” distancia-se da concorrência a passos largos, o mais directo perseguidor no campeonato é Amido Baldé, avançado do Benfica de Luanda, com seis golos, e no plantel agostino é seguido pelo médio ofensivo Geraldo, com apenas três.

Na presente edição do Girabola Zap, Gelson falhou apenas um jogo, por lesão, diante da formação do 4 de Abril do Cuando Cubango e a sua equipa tem ainda um desafio em atraso por disputar, frente ao Sagrada Esperança, devido ao envolvimento dos diamantíferos na Taça da Confederação. À saída da 11ª jornada o avançado formado na “cantera” do 1º de Agosto apresenta uma média de um golo por jogo, quando ainda tem por disputar cinco jornadas, onde se mantiver o mesmo ritmo poderá aumentar a sua conta pessoal e bater um novo recorde de tentos na primeira volta do campeonato nacional dos últimos anos.

O goleador está muito mais finalizador tendo em conta que em 2015 marcou apenas três tentos na primeira volta.Do mesmo jeito, Gelson está muito próximo de alcançar os 14 golos apontados pelos avançados Yano e Meyong, respectivamente do Progresso do Sambizanga e do Kabuscorp do Palanca, que consagrou o jogador sambila como melhor artilheiro da competição na época passada. O recorde de golos da prova pertence ao antigo avançado do 1º de Agosto, Carlos Alves, com 29 tentos, que perdura há vários anos.

OPORTUNIDADE
Jovem Vado estreia pelos militares


Depois de aguardar por uma oportunidade, o jovem defesa central Vado estreou-se finalmente no domingo, no jogo com o 1º de Maio de Benguela, com a camisola do 1º de Agosto e a  substituir o capitão Dany Massunguna.O atleta contratado este ano ao rival Petro de Luanda concretizou o seu objectivo na 11ª jornada, ocupa a vaga deixada pelo experiente capitão que aos 58 minutos saiu tocado do jogo.

Depois da estreia de Vado com a “camisola 4”  falta apenas a utilização do defesa central Diakité que ainda não fez qualquer partida oficial, embora já tivessem entrado em campo em jogos oficiais outros reforços contratados para o Girabola Zap, nomeadamente Milambo, Geraldo, Romaric e Patrick.Dany Massunguna é um dos totalistas da formação rubro - negra e a equipa técnica  conta com os préstimos do capitão, o esteio máximo da defesa, para o dérbi de sábado diante do Kabuscorp do Palanca. Pelo que a equipa técnica mostrou no desafio passado, caso Dani Massunguna falhe o jogo, Vado pode ter a sua segunda oportunidade neste campeonato nacional, para formar dupla com Sargento.

MÉDIO
Geraldo é o segundo
artilheiro dos militares


O médio ofensivo Geraldo é o segundo melhor marcador da equipa do 1º de Agosto, nesta altura, soma três golos na sua conta pessoal, atrás de Gelson e a frente de Ary Papel, Ibukun e Isaac, todos com dois tentos apontados.O jogador internacional angolano vindo este ano do futebol brasileiro quebrou a seca de golos que estava a atravessar no campeonato, depois de marcar nas duas primeiras jornadas do Girabola Zap, frente ao Benfica de Luanda e Progresso do Sambizanga. Geraldo foi o primeiro atleta a marcar neste campeonato.

O golo rubricado pelo camisola 11 foi o terceiro no jogo diante do 1º de Maio de Benguela, no domingo passado, contribuindo para garantir à vitória e ampliar a vantagem na liderança sobre os seus adversários directos.É a primeira época que Geraldo actua no campeonato nacional e o jogador atravessa um período de adaptação na competição e vai oscilando nas suas exibições.

A equipa técnica confia nas capacidades do médio ofensivo formado na Escola Norberto de Castro e tem sido um dos habituais titulares, embora não seja um dos totalistas do conjunto orientado pelo bósnio Dragan Jovic.O segundo marcador da equipa tem mostrado vontade e ambição em adaptar-se o mais rápido possível ao futebol nacional, relançar a sua carreira e voltar a ser convocado na selecção nacional.