Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Gerson e Azulo so candidatos melhores do ano

Paulo Caculo - 28 de Novembro, 2017

Gerson Barros e o avanado Tiago Azulo, ambos atletas, do Petro de Luanda

Fotografia: Jornal dos Desportos/ Edies Novembro

O guarda-redes Gerson Barros e o avançado Tiago Azulão, ambos atletas da equipa principal de futebol do Petro de Luanda, são fortes candidatos a arrebatar um dos prémios da Gala da Federação Angolana de Futebol (FAF) agendada para o dia 16 de Dezembro às 19h00, no Centro de Conferências de Belas, localizado no Futungo II.
O angolano e o brasileiro estiveram em destaque na pretérita época futebolística, ao notabilizarem-se nas referidas posições. Gerson brilhou na baliza do Petro e da Selecção Nacional, revelou-se preponderante na consolidação dos objectivos das cores que representa, ao passo que o Tiago Azulão conquistou a "bota de ouro", ao sagrar-se o melhor marcador do Girabola Zap, com 16 golos.
Relativamente a Gerson recaí o facto de ter sido durante toda a época, o guarda-redes mais utilizado no "onze" tricolor, razão pela qual ganhou o estatuto de totalista entre os pupilos de Beto Bianchi. Quanto a Tiago Azulão, pesa o facto de ao cabo do seu segundo ano,  assumir-se como o principal goleador da actualidade da equipa tricolor, a confirmar a relação fácil com os golos.
A gala de entrega de prémios dos melhores da época de 2017, primeira edição, é uma iniciativa da FAF cujo objectivo é valorizar e reconhecer todos aqueles que trabalham em prol da modalidade e na consecução de parcerias, capazes de dar outra imagem ao futebol angolano, que de um tempo à esta parte, protagoniza uma autêntica travessia no deserto.
O projecto da Federação conta com a produção executiva do Grupo Mener, sociedade de direito angolano, em parceria com as operadoras televisivas Zap TV e TPA, assim como da Rádio Nacional de Angola e do Jornal de Angola.
O prémio contempla 23 categorias, nomeadamente, melhor árbitro, dirigente, golo do ano, guarda-redes, jogador, patrocinador, treinador, claque, equipa ideal, equipa fair-play, no escalão sénior masculino, prevê-se igualmente prémios para o escalão de Sub-20 em masculino, futebol feminino, melhor escola de futebol de formação do país, melhor árbitro, assistente e comissário.       


PETRO DE LUANDA
Equipa tricolor  recebe mais jovens


O plantel do Petro de Luanda para a época futebolística de 2018, que abre em Fevereiro, vai ser reforçado com mais dois ou três atletas provenientes dos escalões de formação do clube. Segundo apurou o Jornal dos Desportos de uma fonte do grémio do Catetão, entre os talentos observados por Beto Bianchi, destaca-se o atacante Tino.
Consta, que a ascensão dos jovens talentos, resulta de uma avaliação feita pelo treinador principal dos tricolores no decurso da época finda, após observação de alguns jogos dos escalões inferiores do clube, que resultou na indicação de Tino e mais dois jovens médios, cujos nomes estão por apurar.
Depois das experiências com GTI e Pedro, o técnico Beto Bianchi não fecha a porta aos talentos dos escalões inferiores, em cumprimento de um programa específico do clube que visa a valorização dos atletas formados internamente, mediante promoção destes para a equipa principal. 
A aposta em jovens talentos da formação deve continuar a fazer parte da direcção do clube. Na próxima época, o plano pode ganhar mais notabilidade, a julgar pelos constantes cortes no Orçamento do clube, referidos pelo presidente Tomás Faria durante a última conferencia de imprensa de balanço da época 2017.
Em virtude da escassez de verba, para fazer face aos inúmeros compromissos com o futebol para o ano de 2018 em que a equipa regressa às provas da Confederação Africana de Futebol (CAF), prevê-se uma "ginástica" da direcção tricolor para concretizar os objectivos da fim de evitar a fuga para outros clubes de atletas que durante a presente época revelam-se fundamentais.
Consta, que entre os jogadores do plantel tricolor com contratos por estender, estarem o capitão Job, Herenilson, Carlinhos e Gerson, embora, não tenham os vínculos contratuais vencidos.                    
 PC