Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Gomes quer terceiro triunfo consecutivo

Paulo Caculo - 15 de Maio, 2015

Tcnico do Kabuscorp est feliz com o excelente estado de forma da equipa no Girabola

Fotografia: Kindala Manuel

O treinador do Kabuscorp do Palanca, Miller Gomes, assegurou ontem, em entrevista ao Jornal dos Desportos, que cria todas as condições para que a equipa mantenha por muito tempo o ciclo de vitórias que protagoniza no campeonato.

Miller Gomes manifestou o desejo de aproveitar da melhor forma o bom momento da equipa para alcançar frente ao ASA a terceira vitória consecutiva. O jogo está agendado para amanhã, às 16h00, no Estádio dos Coqueiros.

"Como sabe, todas as derrotas mexem com qualquer estrutura, fazem mossa, e todas as vitórias enaltecem. Estamos num período bom, porque estamos a conseguir resultados positivos, vamos obviamente explorar este nosso lado", assegurou o técnico dos vice-campeões nacionais.

O técnico da equipa vice-campeã acrescentou, em seguida, estar convicto de que pode aproveitar, também, a fase de quebra do adversário para lograr os objectivos.

"Vamos ter dificuldades em explorar o lado do adversário, porque este é um trabalho que eles estão a fazer ao seu nível, mas pensamos que por aquilo que temos estado a produzir e pela entrega dos atletas, mesmo tendo em atenção as limitações e condicionantes que se apresentam no nosso plantel, de qualquer forma a entrega de cada um deles tem sido muito positiva", sublinhou Miller Gomes.

O responsável técnico dos palanquinos lamentou, por outro lado, o facto de estar a trabalhar com um número reduzido de jogadores, em virtude dos casos de lesão e castigo federativo que assola o plantel. Fiston, Boka e Lunguinha estão limitados fisicamente, pelo que, podem falhar a recepção aos aviadores.

"Estamos com baixas consideráveis e estamos a treinar apenas com 18 jogadores, incluindo os guarda-redes. Mas esta é uma situação que teremos de saber conviver com ela. A equipa médica está a trabalhar para recuperar os atletas, os castigados não o podem fazer, no entanto, não podemos olhar para este prisma, temos de acreditar que aqueles que estão disponíveis vão fazer o melhor e espero que eles possam dar uma resposta positiva", finalizou o treinador.