Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Governo de Cabinda lana campanha de apoio ao Sporting

Joaquim Suami , em Cabinda - 01 de Dezembro, 2018

Fotografia: Edies Novembro

O governo da província de Cabinda procedeu ontem, nesta cidade, o lançamento da campanha de recolha de fundos para ajudar o Sporting local, que enfrenta dificuldades financeiras para suportar os encargos da sua participação no Girabola Zap 2018/2019.
O coordenador da comissão de angariação de fundos para o Sporting de Cabinda, Óscar Dilo, que falava na cerimonia de lançamento da campanha que decorreu numa das dependências do Banco de Poupança e Crédito (BPC), pediu aos empresários, desportistas, pessoas de boa-fé e membros da sociedade no sentido de apoiarem o Sporting de Cabinda com meios financeiros para continuar a disputar o campeonato da 1ª Divisão. 
“Está lançada a campanha e queremos sensibilizar todos os empresários, pessoas singulares, colectivas e a sociedade em geral, bem como daqueles que se acham dignos para apoiarem o Sporting de Cabinda. Na abertura da campanha muitos fizeram o deposito na conta criada para o efeito e esperamos que outros sigam este exemplo, porque o futebol é uma modalidade querida na nossa província”, disse.
Referiu que o Sporting está na 1ª Divisão a representar toda a província, por isso há necessidade de todos apoiarem para continuar a competir. Sublinhou que os valores que estão a ser depositados no Banco de Poupança e Crédito vão servir apenas para permitir que o clube realize jogos no presente Girabola Zap. 
O empresário José Manuel, que também é adepto do Sporting, referiu que todo o sportinguista que tem o nome do clube no coração deve apoiar no sentido de a equipa sair da situação difícil em que se encontra. Para ele, este é o momento que os leões do Norte precisam do apoio de todos os adeptos. 
“Temos que a parecer para ajudarmos o clube. Quando o Sporting de Cabinda precisar dos seus aficcionados estaremos prontos para ajudar”, esclareceu. 
O secretário-geral da Associação provincial de futsal, Bartolomeu Nguimbi, disse que todos os desportistas da província de Cabinda têm o dever de ajudar o Sporting local para sair da crise financeira em que se encontra. 
“Se todos se unissem em torno do clube não teria os problemas que tem hoje e a província estaria bem representada no Girabola Zap”, disse. 
O funcionário público Gabriel Nionje afirmou que a doação que está a ser feita representa a união de todos os amantes do desporto, em particular do Sporting para a equipa manter-se na competição. 
“Se cada funcionário depositar todos os meses um valor vai ser bom para o clube e pedimos que os valores que estão a ser depositados devem ser geridos da melhor maneira possível, porque estamos a fazer isso em prol do desporto-rei”, disse.