Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Guarda-redes tricolores trabalham em separado

Avelino Umba - 07 de Maio, 2015

Fotografia: Jos Cola

Os guarda-redes do Petro de Luanda, Lamá, Gerson e Benvindo, ontem no período da manhã, trabalharam separados dos colegas, sob orientação do técnico de guarda-redes, o brasileiro Adriano Soares, enquanto os demais atletas realizaram sessão de ginásio sob a batuta de Maurício Marques, preparador físico da equipa principal.

Do plantel que actuou contra o Kabuscorp do Palanca, Lamá, e também Chara, foram os jogadores mais contestados devido à sua má prestação durante o jogo.

Estes podiam dar melhor de si e dar mais confiança ao treinador Alexandre Grasseli no próximo jogo,  mas, ao que  tudo indica, depende do empenho que tiveram durante a semana de treinos.

O fraco desempenho do Petro de Luanda na partida da jornada anterior, em que  perdeu para o Kabuscorp do Palanca, por 1-2, obriga agora o técnico Alexandre Grasseli a preparar uma equipa já determinada a ganhar na  deslocação do final de semana à cidade do Lubango, onde domingo, a partir das 15 horas, defronta o Desportivo da Huíla em jogo a contar para a 12ª jornada.

Durante a semana de trabalho a equipa comandada por Alexandre Grasseli vai incidir  em vários aspectos técnicos e tácticos. Na derrota na jornada anterior o treinador mostrou a insatisfação ao dizer que o grupo jogou a um baixo nível técnico.

Ontem à tarde os comandados de Alexandre Grasseli voltaram ao trabalho, numa sessão que começou às 16 horas no seu centro de treino, no Catetão, onde, de acordo com o plano de trabalho elaborado pela equipa técnica, voltam hoje e amanhã em sessões únicas que acontecem apenas no período da tarde a partir das 16 horas.

Alexandre Grasseli tem vindo a reafirmar que valoriza os que estão melhor no momento, porque o grupo é composto por 25 jogadores, cada um com  seu valor.

Petrolíferos "goleiam" plantel de juniores

A equipa principal do Petro de Luanda realizou na terça-feira um jogo com a respectiva equipa de juniores à qual venceu por 5-1, partida que na visão de muitos jogadores foi "bastante positiva e valiosa", pois serviu para dar competitividade.

Neste particular beneficiou, sobretudo, os jogadores menos utilizados, numa altura em que se observam resultados nada abonatórios para a equipa que está apenas na 11ª posição com 13 pontos.

Durante a semana, a equipa técnica vai procurar fazer tudo o que estiver ao seu alcance para os jogadores estarem focados na preparação das estratégias para o jogo fora de casa.

O adversário desta jornada, o Desportivo da Huíla, soma oito pontos e está na 14ª posição da tabela classificativa, um adversário que, visto pela sua posição, não está para facilitar, sobretudo porque vai jogar em casa, diante do seu público.