Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

guias "voam" at Saurimo para desfeitear donos da casa

Betumeleano Ferro - 12 de Março, 2016

Benfica de Luanda promete entrega na deslocao ao reduto do Progresso da Lunda Sul

Fotografia: Jornal dos Desportos

O costa -marfinense Savané limpou a ficha de cartões, após cumprir os dois jogos de suspensão, nos jogos com o 4 de Abril e  Académica do Lobito.
O polivalente médio/defesa encarnado está apto a entrar nas contas do técnico Zeca Amaral, algo que não acontecia desde a expulsão no jogo com o 1º de Agosto.

Esta tarde a partir das 16h00 o Benfica trabalha pela última vez em Luanda e no final da sessão de treinos o polivalente Savané vai saber se consta na lista dos convocados que amanhã de manhã viajam para o Saurimo, a fim de defrontar no sábado o Progresso da Lunda Sul, jogo pontuável para a quarta jornada do Girabola ZAP.

Uma eventual entrada do atleta no lote de convocados, pode significar um duplo voto de confiança da equipa técnica no  jogador e devolver-lhe a titularidade no lado direito da defesa no embate frente à formação orientada por Kito Ribeiro.

Durante a pré - época, o treinador do Benfica deu fortes indícios de que Savané tinha nova hipótese na equipa e passava de médio para a posição de lateral direito.

Ao que  tudo indica,  Zeca Amaral está mesmo disposto em ganhar um reforço nas alas e  aposta a titular no atleta de 26 anos, no jogo de estreia no Girabola ZAP com o 1º de Agosto, espelha bem o desejo do treinador de ver Savane mais recuado nas quatro linhas.

A contratação esta temporada de Sidney, ex -Desportivo da Huíla, reforçou as opções para o lado direito da defesa encarnada, mas o voto de confiança recai no atleta mais experiente e no jogo frente ao 1º de Agosto parece estabelecer a hierarquia para esta época.

  Sidnei e Debele, central adaptado às vezes a lateral, vão ser escolhas secundárias caso Savane preencha requisitos para jogar.

Antes de começar a ser testado a lateral, o jogador de nacionalidade costa-marfinense era um dos intocáveis do meio-campo do Benfica de Luanda, tanto é assim que foi um dos mais utilizados por Zeca Amaral em todas as competições em que a águia participou em 2015.

O agora polivalente Savane chegou ao futebol angolano pela mão do Sagrada Esperança a meio da temporada 2008. O atleta chegou como um desconhecido, mas não demorou tempo a afirmar-se com a camisola dos diamantíferos.

Ao longo das sete épocas e meias em que esteve no Sagrada fez sempre parte da primeira equipa, motivo por que o ano passado foi contratado pelo Benfica de Luanda.