Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Hlder Teixeira elogia atletas

Avelino Umba - 11 de Fevereiro, 2019

Hlder Teixeira feliz com a postura da equipa nos 15 jogos disputados

Fotografia: Kindala Manuel | Edies Novembro

A quinta posição alcançada pela equipa do Progresso Sambizanga na primeira volta do Girabola Zap, em que obteve cinco vitórias, sete empates e três derrotas nos 15 jogos disputados, está dentro dos objectivos delineados pela equipa técnica, liderada pelo angolano Hélder Teixeira e pela direcção do próprio clube, por isso, considera de satisfatório o desempenho do grupo, no balanço que fez ao Jornal dos Desportos.
\"O desempenho da nossa equipa (Progresso Sambizanga), nas 15 jornadas da primeira volta do campeonato, foi positivo pelo facto de estar dentro dos objectivos traçados pela direcção do clube, sendo o quinto lugar a meta a alcançar, por sinal o lugar em que terminámos o primeiro turno da prova, apesar de terminarmos com uma derrota pesada diante do Petro de Luanda, por 3-0, que ainda não está digerida, em função da preparação que a equipa havia feito para aquele jogo\", disse.
Hélder Teixeira assegurou que, em momento algum, esteve nos seus planos e dos jogadores (considero-os de grandes heróis) perderem o jogo da maneira como aconteceu, pois considera que os sambilas estiveram ao nível dos tricolores.  \"Tirando o estatuto de campeão do Petro, estivemos ao mesmo nível. Perdemos e perdemos bem, mas no futebol é assim e acredito que faremos melhor nos próximos jogos\", revelou.    
Os 22 pontos conquistados na primeira volta, segundo Hélder Teixeira, transmitem a ideia de que o grupo trabalhou bem, para terminar o primeiro turno na 5ª posição na tabela classificativa.
O treinador considerou que, em termos competitivos, a sua equipa esteve em condições para conquistar mais pontos, não fosse os problemas que atravessou, mas ainda assim fez uma primeira volta bastante airosa.
\"A primeira volta foi satisfatória, apesar de que queríamos mais do que isso, mesmo com todas as dificuldades. O adepto cria a expectativa de vitórias, mas nem sempre estamos em condições de atingir os nossos objectivos. Apesar de várias dificuldades vividas, a rapaziada esteve bem. São grandes heróis, até pelo facto de os objectivos da primeira volta terem sido alcançados\", realçou.
De acordo ainda com o treinador, para além de os objectivos da primeira volta terem sido alcançados, \"a equipa foi sempre consistente nos jogos\" afirmou.
O treinador admite, que a pressão pode vir aumentar na segunda volta, a julgar pela pretensão de melhorar a classificação anterior. Por isso, prometeu, vai apostar em tudo nos dias de treinos que terá antes da partida diante do Saurimo FC, marcada para o dia  23 de corrente, no estádio das Mangueiras, válida para a 16ª jornada do campeonato, ou seja, primeira da segunda volta.


SAMBILAS SEM FORÇA
Teixeira lamenta fraco apoio dos adeptos

A conquista da Taça de Angola na temporada de 1996, sob comando técnico de Joaquim Dinis, constitui a grande conquista do Progresso Sambizanga no futebol nacional, onde os sambilas têm grande tradição e responsabilidade. 
Aliás, o clube, em anos idos, arrastou multidões aos campos de futebol, o que não acontece nos dias de hoje, tal como lamentou o seu treinador Hélder Teixeira.
“Lamentamos o fraco apoio dos nossos adeptos nos campos de futebol, quando estamos a jogar. Temos visto apenas um pequeno grupo de adeptos, o que não é bom para os jogadores, pois este precisam de muito incentivo", desabafou.
Para Hélder Teixeira, o apoio incondicional dos adeptos é bastante importante, para ajudar a equipa a atingir os seus objectivos.
“De forma a alcançarmos os objectivos, é importante o apoio dos sócios e dos adeptos do clube, pois é fundamental o grupo sentir o calor da massa apoiante. Eles são parte fundamental do percurso que iremos ter. Deste modo, apelamos para uma grande dedicação, por parte da massa associativa e do nosso lado vamos procurar retribuir com boas exibições, futebol de qualidade e vitórias", disse.
Hélder Teixeira acrescentou que, "vamos tentar que tudo seja bom para todos nós, a fim de chegarmos ao objectivo no final da temporada, ou seja, conquistar uma posição airosa no campeonato”, afirmou.
O treinador sambila pediu aos adeptos que “continuem determinados em apoiar a equipa, para que os atletas se sintam mais entusiasmados com aquilo que foi feito até agora e, com isso, manter o percurso de ascensão.


SEGUNDA VOLTA
Treinador prevê  mais competitividade 

A segunda volta do Campeonato Nacional de Futebol da Primeira Divisão, Girabola Zap, referente à época 2018/19, está a suscitar grandes interesses aos aficionados da modalidade. Por este e outros motivos, o treinador do Progresso Sambizanga, Hélder Teixeira, disse não estar alheio a competitividade que a prova vai oferecer na etapa derradeira. 
Em função disso, o "número um" da equipa técnica sambila, perspectiva uma segunda volta muito renhida, a julgar pelos vários protagonistas que têm como objectivo atingir os lugares cimeiros, na zona intermédia e evitar a cauda da tabela classificativa do campeonato.
"Com o desenrolar da prova, acredito que a segunda volta do campeonato não vai ser fácil para ninguém, tendo em conta que nos três primeiros lugares estão o 1º de Agosto, Desportivo da Huíla e Petro de Luanda, o que me leva a pensar que este grupo jamais se desloca daquela posição. A cauda da tabela também tem a sua luta, que passa pela manutenção, e tudo isso é suficiente, para termos uma noção do que deve ser a prova até à última jornada", disse.
Assim, o treinador Hélder Teixeira alerta que quem tenha objectivos a cumprir, é melhor empenhar-se a fundo, porque o tempo não espera e um pequeno desleixo pode ser fatal, para as ambições na competição.
O Progresso Sambizanga, mesmo com as dificuldades que atravessa, como atrasos salariais e prémio de jogos, está a fazer um bom campeonato.