Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Imaturidade dos "estudantes" compromete

Jlio Gaiano - Lobito - 30 de Agosto, 2016

Os estudantes lobitangas, proibidos de perder pontos

Fotografia: Jornal dos Desportos

A imaturidade e vaidade de muitos jogadores que compõem o plantel, na sua maioria em idade de juniores, são apontadas pelos adeptos, sócios e alguns membros ligados ao clube Académica Petróleos do Lobito, como as causas do insucesso, que se observa até agora, no Girabola Zap 2016.

Os entrevistados do Jornal dos Desportos atribuem à direcção, quota-parte da culpa, pelo facto de ter mudado a matriz futebolística “cultivada” pelo professor Ekrem Asma, ao longo dos últimos três anos.

O substituto do turco-alemão, o português Vaz Pinto, de acordo com as fontes, tratou de estragar tudo ao propor à direcção a reestruturação do plantel, com aposta em jogadores menos rodados em clubes de origem, inclusive, atletas de futebol de salão foram contratados para engrossar o plantel da Académica do Lobito.

O resultado foi dramático para o orgulho dos lobitangas. A equipa encolheu-se e deixou de ser a mesma. Jogou tudo a perder, numa prova que tinha tudo para dar certo. Por isso, se o campeonato terminasse hoje, a Académica do Lobito (15ª classificada) baixava de divisão, resultante do seu fraco desempenho na competição. Em 22 jornadas disputadas, somou 20 pontos, fruto de cinco vitórias e igual número de empates.

Para além de perder em 12 ocasiões, a Académica do Lobito, agora treinado pelo angolano António Lopes “Chiby” marcou 14 golos e sofreu 27, o que justifica o crescente grau de cepticismo no seio da sociedade desportiva do município do Lobito.

Os estudantes lobitangas, proibidos de perder pontos nos oitos jogos finais do campeonato, têm pela frente os seguintes adversários: Recreativo da Caála (23ª jornada/Lobito), Recreativo do Libolo (24ª/Calulo), Sagrada Esperança (25ª/Dundo), Porcelana FC (26ª/Ndalatando), Desportivo da Huíla (27ª/Lubango), 1º de Maio (28ª/Benguela), Kabuscorp do Palanca (29ª/Luanda) e Interclube (30ª/Luanda).  Os deptos da equipas está ávidos de ver ainda boa qualidade competitica desta durante as próximas jornadas do campeonato.