Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Inter tenta segurar liderana

Teixeira Cndido - 01 de Abril, 2015

Interclube recebe Benfica para a stima ronda

Fotografia: Jornal dos Desportos

A sétima jornada do Campeonato Nacional de Futebol da Primeira Divisão, Girabola, aberta ontem no Estádio 11 de Novembro, em Camama, com o duelo entre as formações do Petro de Luanda e do Recreativo da Caála, prossegue hoje às 17h00, no Estádio 22 de Junho, com o desafio Interclube - Benfica de Luanda. O Interclube vai tentar  esta tarde, no seu Estádio, defender a invencibilidade no Girabola 2015. É um dérbi que desperta atenção dos adeptos, pela posição dos polícias e a força dos encarnados da capital.

Os encarnados podem esbater a diferença pontual com os polícias para um ponto e ultrapassar a equipa do Rocha Pinto quando realizar o jogo que têm em atraso. Um dérbi é um dérbi: imprevisível.Quase não tem relevância o momento competitivo que as equipas atravessam, pois os jogadores auto-motivam-se com jogos dessa natureza.

Um resultado previsível é o empate, mas a equipa orientada por Zeca Amaral tem ambições no presente Girabola, ainda que não confessadas. Os encarnados investiram para fazer diferente do ano passado, ou seja, melhor.O mesmo, embora não na mesma proporção, deve dizer-se  em relação aos polícias. Ilian Iliev possui uma equipa que se mostra competitiva.

Aliás, a equipa do Interclube tem mostrado competência na competição, por isso a liderança do campeonato é-lhe  merecida.  O desafio desta tarde é antecipado, em função da participação do Benfica de Luanda nas competições africanas. A equipa das águias joga no próximo domingo, em Luanda, diante do Etoile, em jogo referente à segunda mão da segunda eliminatória de acesso à fase de grupos da Taça da Confederação.

Interclube
Ilian Iliev
crente na vitória


Ilian Iliev,  técnico principal do Interclube, acredita que a sua equipa vai vencer o jogo de hoje, as 17 horas no Estádio 22 de Junho, diante do Benfica de Luanda, para a  sétima  jornada do Girabola.“Depois do empate  na jornada passada diante de um adversário forte em sua casa, penso que os nossos níveis de confiança estão altos  e isso é um factor importante para vencer o Benfica de Luanda”, salientou.


A falta de golos nos dois últimos jogo mereceu a atenção do líder a equipa técnica.”O trabalho feito ao longo da semana garante um resultado diferente dos dois últimos jogos realizados em que não empatamos, como falhámos muitos golos”, sublinhou . O treinador frisou que “temos que jogar diferente, com empenho, e evitar os erros que temos estado a cometer no capítulo da finalização. Temos criado muitas oportunidade e não marcamos golos e sofremos sempre. Esse tem sido uma constante nos últimos jogos  e, por isso, temos que corrigir.

Penso que os nossos jogadores entenderam a nossa pretensão e vamos fazer um bom resultado”, acrescentou.Esta época  a direcção dos da equipa do “polícias” traçou como meta os três primeiros lugares e para, tal é necessário vencer os jogos. “Neste momento estamos em primeiro  lugar e penso que temos  obrigações para lutar pelo lugar que nos exigido”, disse.Quanto ao adversário de hoje Ilian Iliev considerou ser uma das melhores equipas do Girabola.

“Benfica  é uma equipa com bons jogadores, está fazer um boa campanha nas duas competições onde esta inserida”,reconheceu.Em relação ao jogo o técnico disse que as águias da capital vem de um empate com Petro que pode servir de motivação  e por esses facto,  acredita que eles vão lutar do principio ao fim com muita determinação.“A julgar pelo que tem feito, temos a certeza que vai ser um jogo intenso. Temos que ter muita cautela para não sermos surpreendidopelo nosso adversário”, precaveu o treinador do Interclube. VK

BENFICA DE LUANDA
Amaral antevê jogo equilibrado



O técnico do Benfica de Luanda, Zeca Amaral, reconheceu ao Jornal dos Desportos as dificuldades que vão enfrentar hoje, às 17h00, no Estádio 22 de Junho, diante do Interclube, em jogo válido para a sétima jornada do Girabola 2015, mas acredita no valor da sua equipa para vencer o duelo que prevê ser disputado com muito equilíbrio. 

“Será um jogo igual aos outros, mas com grau de dificuldade maior, atendendo o momento que o adversário está a atravessar. De qualquer das formas, conscientes do nosso valor, sabemos o que temos de fazer para equilibrar e discutir o jogo até o final, porque neste momento entendo que os dois plantéis até equivalem-se em termos de potencial”, disse.O actual líder do Girabola é encarado com muito respeito por tudo que representa no futebol nacional, de acordo com o timoneiro benfiquista.

“É um adversário que independentemente de estar a liderar o campeonato é uma equipa com histórico no futebol angolano. Nos dez últimos anos ganhou dois campeonatos, é uma equipa que investe muito nas infra-estruturas do clube, com o presidente que tem, conhecemos bem, por isso acredito que será um jogo equilibrado”, defendeu.Os encarnados da capital apostam na humildade nesta difícil deslocação ao Estádio 22 de Junho, mas com os olhos postos na conquista dos três pontos, tal como disse Zeca Amaral.
Jorge Neto