Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Interclube e Kabuscorp atentos ao 3º lugar

Valódia Kambata - 28 de Outubro, 2017

Os três pontos, que separam o Interclube do Desportivo da Huíla, são a amostra do equilíbrio entre as duas equipas,

Fotografia: Contreiras Pipas/Edições Novembro

Os três pontos, que separam o Interclube do Desportivo da Huíla, são a amostra do equilíbrio entre as duas equipas, ainda assim o jogo que disputam esta tarde a partir das 15h30 Estádio no 22 de Junho, é  mais para cumprir calendário, em parte por causa das posições em que se encontram.

Mas isso, de modo algum, quer dizer que o jogo vai tornar-se sensaborão, longe disso. As duas equipas têm executantes com capacidade para proporcionar espectáculo acima da média, por isso, os dois contendores demonstram ser equivalentes e qualquer resultado entre eles é aceitável, desde que não seja a goleada.

Até certo ponto, o Interclube tem mais responsabilidades, não tanto por jogar em casa, acima de tudo pela meta que ambicionava no campeonato. As coisas precipitaram-se antes do tempo, mas os polícias quererem provar que estão no lugar errado, e uma vitória não chega para tudo, mas vai ajudar a cumprir o objectivo de fazer prevalecer o factor casa.

O Desportivo da Huíla está quase irrepreensível, em relação aos chamados grandes e só não venceu o 1º de Agosto, o que pode colocar os polícias de sobreaviso para perder em dose dupla.

Os militares da Região Sul têm tudo o que precisam para saírem a sorrir do 22 de Junho, pois, a equipa tem atletas bem experientes para manter a onda de bons resultados, contra os rotulados candidatos ao título. De resto, um bom jogo em perspectiva, e com alguma emoção.


PAULO TORRES
“Estamos confiantes num bom resultado”


O técnico do Interclube assegurou ontem que a sua equipa está em prontidão e preparada para fazer um bom resultado no jogo desta tarde, diante do Desportivo da Huíla, a partir das 15H30, no Estádio 22 de Junho.

Paulo Torres sublinhou que os atletas cumpriram na integra com as orientações ao longo da semana de trabalho e admite que as atenções estão centradas em obterem mais uma vitória, mas alerta à necessidade de manterem a calma para não serem surpreendidos.

\"Estamos preparados para fazer um bom resultado. Trabalhamos com muita tranquilidade e os jogadores corresponderam com as expectativas da equipa técnica, por isso, acredito num desfecho airoso diante do Desportivo da Huíla\", salientou o técnico português. O treinador afirmou que não obstante o adversário ter já assegurada à manutenção no campeonato nacional, não espera facilidades, pois, segundo o mesmo não existe jogo fácies e nem adversários que facilitem os resultados à favor do seu opositor.

\"Temos a convicção que não será um jogo fácil, aliás ao longo desta época registaram-se equilíbrios em quase todas as partidas.

Vamos para este jogo com muitas cautelas, mas com determinação e vontade de conseguir um resultado positivo\", destacou.

Paulo Torres realçou que o Desportivo é uma equipa que joga bem fora e em casa, por isso, adverte à redobrarem as cautelas. \"Vamos enfrentar uma equipa que joga bem em casa e fora, mas estamos confiantes para conquistarmos os três pontos”, salientou. Para este embate a equipa técnica dos polícias volta a dar atenção à finalização e pede maior concentração dos seus atacante para aproveitarem ao máximo as oportunidades criadas. O médio trinco Pirolito, que viu a cartolina vermelho, diante da Académica do Lobito, em jogo referente à 28º jornada do Girabola Zap, é o principal ausente do jogo desta tarde. O atleta foi suspenso com dois jogos e fica assim impedido de dar o seu contributo a sua equipa no presente campeonato.