Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Interclube e Sagrada repartem os pontos

Val?dia Kambata - 18 de Junho, 2017

Os polícias assumiram o controle do jogo à procura de chegar ao golo nos primeiros minutos

Fotografia: José Soares

O Interclube continua a não perder em casa no presente campeonato porque provaram-nos mais uma vez ontem em sua casa, Estádio 22 de Junho, onde empatou e repartiu pontos com  o Sagrada Esperança da Lunda Norte, em  jogo referente  à 16ª jornada.

Os polícias assumiram o controle do jogo, procurando a todo custo chegar ao golo nos primeiros minutos de jogo,  porém, do outro lado da \"barricada\" estava a equipa do Sagrada Esperança tem feitos bons resultados ao longo do campeonato. Por esta razão é justo dizer que vieram a Luanda e \"garimparam\" bem um ponto na casa dos polícias A meio da primeira parte as duas equipas enveredaram por um jogo muito táctico, e com isso, a qualidade do futebol decaiu , pois, nenhuma conseguia  realizar um ataque de encher os olhos.

A terminar a primeira parte os policias voltaram a comandar o jogo e bem podia chegar ao golo em duas ocasiões . O primeiro grande sinal de perigo aconteceu aos 40 minutos quando Paty, à entrada da grande, rematou forte. A bala passou bem ao lado do poste da baliza defendida por Carlos.

A segunda oportunidade de golo deu-se aos 44 minutos quando o lateral direito Felipe, de cabeça,\" mandou\" a bola junto ao poste da baliza do Sagrada Esperança, indo, depois, as duas equipas ao intervalo empatadas a zero.Na segunda parte a história repetiu-se, pois foram os policias a tomarem as rédeas do jogo. Paulo Torres fez entrar numa só assentada dois atacantes, nomeadamente Richard, para o lugar de Dasfaa, e Duarte, para o de Lindala.

Com estas duas substituições os polícias tornaram-se mais agressivos no ataque, criando várias situações de contra ataque rápidos sem no entanto resultar em golos. O jogo terminou empatado, a equipa da casa conservado a invencibilidade em casa enquanto que o Sagrada Esperança consegue um empate importante fora de casa .


MELHOR CAMPO
A \"garra\" de Duarte


Duarte, médio ala dos polícias, foi o grande \"cavalo de batalha\" dos policias. O jovem  que se transferiu nesta segunda etapa do Girabola,  mostrou \"garra\" e fez a sua equipa jogar. Embora tenha entrado na segunda parte criou varias  oportunidade de golo.

ARBITRAGEM
Apito eficiente


António Dungula e seus auxiliares estiveram bem tanto no ajuizamento dos lances e posicionamento em campo.  No entanto, o seu trabalho ficou facilitado pelo bom comportamento dos jogadores. Em campo anulou bem um golo do Interclube as 78 minutos, pois os atacantes dos polícias sobrecarregaram o guarda-redes do Sagrada Esperança, Carlos.


OPINIÃO DOS TÉCNICOS


  (Ekrem Asma
(Sagrada Esperança) )

“Três pontos
seria melhor ”

\"O nosso plano era um ponto e se fossem três seria melhor. Na semana passada eu disse que tínhamos de evitar derrotas e conseguimos. Agora faltam as vitória . Vamos procurá-las na nossa casa, na próxima semana. Acredito na minha equipa e vamos lutar para terminarmos em  segundo, terceiro ou quinto\"

(Paulo Torres
( Interclube))

“Resultado
não é justo”

\" Foi um bom jogo onde dominamos a primeira parte. Na segunda acabámos com dois pontas de lanças de referência. Quanto ao golo tenho muitas duvidas não sei é falta ou fora de jogo e este resultado para mim não é justo. Fizemos um ponto apenas queríamos os três  no primeiro jogo da segunda volta\"