Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Interclube mantm ritmo de trabalho

Valdia Kambata - 03 de Setembro, 2015

Interclube aproveita a pausa no Campeonato Nacional da Primeira Diviso para realizar jogos amistosos com formaes que competem no Girabola 2015

Fotografia: Jos Cola

O técnico do Interclube, Vaselim Vesko, garantiu ao Jornal dos Desportos, que a sua equipa, apesar da paragem que se regista no campeonato nacional a sua equipa vai manter o mesmo ritmo de trabalho sem qualquer interrupção ou alteração no programa de preparação estabelecido para a etapa derradeira da prova. "Estamos a trabalhar de forma normal e sem grandes alterações. Contudo, para não baixarmos os níveis e  mantermos o ritmo competitivo, temos realizado alguns jogos amistosos para preenchermos este vazio. Já  jogamos com o Petro de Luanda e vamos procurar fazer mais algumas partidas nos próximos dias. É desta forma que vamos preencher o período de interregno do Girabola", anunciou.

Ao contrário da paragem anterior em que a maioria dos treinadores queixou-se dos quarenta e cinco dias de interregno, o "comandante" da equipa técnica dos polícias minimizou e considerou o interregno de normal Recordou gesto semelhante acontece em todos os países.  "É uma situação normal e compreensível, pois, todas as selecções estão a trabalhar para o compromisso nos respectivos continentes e é normal a paragem de doze dias. Acredito que não vai prejudicar em nada a nossa preparação", salientou.

Vesko admitiu que a equipa tem demonstrado uma certa recuperação, mas alguns sectores com destaque para o ataque, continuam a denotar falta de concentração na finalização. Revelou que estão agendada mais jogos amistosos para avaliar o comportamento de certos atletas.O técnico sérvio salientou que estas partidas vão servir para colmatar o período de paragem do Girabola. Outro benefício deste amistoso na óptica do treinador, serve para os atletas não perderem o ritmo competitivo e a forma desportiva.

"Vamos aproveitar estes jogos treinos tal como os outros, para os jogadores ganharem condição física e manterem o ritmo competitivo, visto que o campeonato está parado e, é importante manter o plantel com a mesma desenvoltura", defendeu.Os jogos amistosos têm sido, também, uma oportunidade para os atletas menos utilizados no Girabola, mostrarem ao treinador até onde estão compenetrados na ideia do técnico. "Temos de manter todo o plantel em prontidão para o que der e vier", sublinhou.

CAN2017
Vesko crente na vitória
dos Palancas Negras


Conhecedor do futebol angolano, o ex-seleccionador nacional Vaselim Vesko, está crente numa boa prestação dos Palancas Negras no jogo diante da congénere do Madagáscar, em partida da segunda jornada do Grupo B de acesso à fase final do CAN2017, no Gabão.O técnico defendeu que a Selecção Nacional de Angola é dotada de muitos bons jogadores com capacidade de realizarem uma boa exibição e repetirem o feito da primeira jornada, não obstante jogarem em casa do adversário.

" Angola tem bons jogadores e capazes de fazerem um bom jogo diante do Madagascar. O seleccionador nacional escolheu os jogadores que lhe dão confiança para este jogo, por isso, vamos acreditar que a selecção de Anvai fazer um bom jogo," avaliou o técnico dos policias .O antigo seleccionador nacional, que  conhece bem  o futebol da região austral do continente, garante que se o trabalho de casa for bem feito, a selecção pode ter uma boa prestação e alcançar o resultado que todos almejam.

"Penso que o treinador tem consciência daquilo que vai encontrar, aliás, não foi por acaso que elegeu a África do Sul como local do estágio, país que tem um clima semelhante ao que vão encontrar no terreno de jogo," ressaltou.Vesko garante todo o apoio incondicional a selecção, onde viveu momentos de muita alegria em mais uma empreitada dos Palancas Negras rumo ao CAN2017, no Gabão.