Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Intrusos espreitam migalhas

21 de Outubro, 2019

Fotografia: DR

O foco da jornada no Mundunduleno e no 22 de Junho, de modo algum deve diminuir o apetite de vitórias da Académica do Lobito e Recreativo do Libolo. As duas equipas estão muito fortes, nesta etapa do campeonato, por isso, podem sorrir nos jogos extramuros em caso de sucesso e tirar benefícios de eventuais desperdícios dos rivais, 1º de Agosto e Petro, nos outros jogos com início às 15h00.

Ainda é cedo para tirar todas as conclusões, quanto à equipa de Calulo, mas o momento actual faz com que todo o favoritismo lhe seja atribuído, na deslocação aos Eucaliptos, para defrontar o Cuando Cubango FC. É verdade, que os anfitriões costumam dar muito trabalho, perante os seus adeptos, mas os libolenses estão como no passado, fortes e competitivos para passar incólumes, neste teste difícil.

Tarefa muito mais difícil vai ter a Académica do Lobito, no Estádio da Caála, reduto da equipa com o mesmo nome. Os caálenses estão atrás da fórmula de sucesso, que já lhes deu invencibilidade e liderança nas primeiras jornadas. A recuperação está a ser, como mover uma montanha, pelo que os estudantes estão à espreita para tirar nota positiva, o que a acontecer vai fazer com que a equipa lobitanga se mantenha confortável na classificação.

Como quem não quer nada, o Desportivo da Huíla vai ao Ombaka tentar colher, onde não semeou, tudo indica que vai passar pelo antepenúltimo 1º de Maio de Benguela. Os militares da Região Sul podem ser um dos grandes vencedores da ronda, tudo depende do desperdício dos concorrentes directos. Ninguém, está à espera que os proletários reapareçam no Girabola, nessa ronda, mas estão no direito de tentar a surpresa da jornada, que a acontecer pode ser uma inesperada injecção de motivação para o moribundo Maio.

A vida está dura para o Sagrada Esperança, dá para ver que está a fazer pela vida, para \'chutar\' a crise, mas sem vitórias nada feito. O Progresso do Sambizanga nem por isso está melhor do que os diamantíferos, por isso, será interessante demais o jogo que vão protagonizar no Estádio do Dundo.

Os dois contendores estão apertados de todos os lados,  se desse adiavam esse confronto para uma ocasião mais conveniente, ainda mais porque empatar podem, mas rimar com vencer ou perder só está ao alcance de um deles, quem é vai saber-se no final dos 90 minutos.

O Wiliete de Benguela é o nome que aos poucos começa a ficar na boca dos adeptos, por ora, conseguiu contrariar tudo e todos, já que foi repescado para estar no campeonato, mas quem olhar para a sequência das jornadas do Girabola, ainda é capaz de pensar que a repescagem aconteceu com o Ferrovia. 

A partida entre os dois primo divisionários tem tudo, para arrastar uma boa assistência, no Ferrovia. É ponto assente que o favorito vem de Benguela, e todos estão a esperar que os locomotivas apitem no campeonato. O dia vai chegar, se for nessa jornada melhor, para as suas hostes, mas se as coisas continuarem do jeito como estão, o Wiliete pode prolongar o estado de graça, no campeonato.