Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Isaac afasta hiptese de deslize

Jorge Neto - 06 de Outubro, 2016

Lateral direito assegurou estarem prevenidos para evitar perda de pontos na visita aos proletrios

Fotografia: Jos cola

Cresce a confiança e motivação no plantel do 1º de Agosto para as derradeiras cinco jornadas do Girabola. O lateral direito, Isaac, está confiante e afasta a hipótese de um novo deslize nesta fase crucial da época.Para numa vitória diante da formação do 1º de Maio de Benguela, no próximo sábado, às 15H00, no estádio Municipal Edelfrides Costa, referente a 26ª jornada do Girabola Zap.

O experiente jogador garantiu ontem em conferência de imprensa, no ex-RI20, que o grupo trabalhou de forma positiva durante a semana e está motivado para vencer na deslocação ao encontro do 1º de Maio de Benguela, sábado, às 15H00, no estádio Municipal Edelfrides Costa, referente a 26ª jornada do Girabola Zap.

"Penso que está tudo bem, o grupo está a trabalhar conforme o previsto e só pensamos em somar os pontos necessários em cada jogo. A deslocação à Benguela ao encontro do 1º de Maio não foge à regra, queremos ganhar e estamos motivados para atingir os nossos objectivos", disse o atleta.

O atleta admitiu que a época está a ser cansativa devido o elevado número de jogos que disputou tanto ao serviço dos Palancas Negras como do 1º de Agosto e elogiou equipa de preparadores físicos que tudo têm feito para a recuperação dos jogadores.

"Está a ser um ano cansativo, porque desde que regressámos do CHAN tivemos uma integração rápida na equipa, mas graças aos bons preparadores que temos no clube a recuperação está a ser bem feita pouco tempo. Queremos ser campeões este ano e estamos preparados para ganhar o jogo", reiterou.

O camisola 21 apontou a falta de gestão do plantel como um dos motivos que estiveram na base do conjunto militar perder pontos em algumas jornadas na segunda volta, permitindo com que os seus mais directos perseguidores encurtassem a vantagem na classificação no campeonato.

"Penso que nos faltou mais gerência, mas estamos preocupados apenas connosco porque somos os lideres do campeonato e queremos continuar nesta posição tendo sempre a consciência de que os outros estão a atrás de nós à espera do nosso deslize ", analisou. Isaac que já marcou três golos na presente edição do Girabola Zap assegurou que chegou o momento de ser campeão nacional, depois de vários anos a disputar esta competição e representar vários clubes.

"Penso que chegou o meu momento de ser campeão e estamos a fazer tudo pra conseguir este feito o primeiro nas nossas carreiras. Sabemos que será uma tarefa difícil, mas estamos cientes que somos capazes", afirmou o jogador que tem o maior número de assistências na equipa rubro e negra.

Os deslizes que aconteceram nas jornadas anteriores estão acautelados e o lateral militar garante que a postura da será outra para estes duelos de capital importância para o objectivo que perseguem. "Temos de ter concentração, fazer o nosso jogo e ir a Benguela centrados no nosso objectivo, defender bem e fazer golos", finalizou.

LESIONADO
Makiavala falha jogo com proletários

O avançado Makiavala desfalca, por lesão, a equipa do 1º de Agosto no desafio deste sábado diante do 1º de Maio de Benguela, constituindo a única baixa nas opções da equipa técnica militar.

O jovem jogador, apesar de não ser um dos habituais utilizados por Dragan Jovic, não tem defraudado quando é lançado em campo, não obstante ter falhado na primeira volta a maioria dos jogos por lesão. O camisola 17 luta para disputar um lugar no conjunto líder do campeonato, mas tem sido bastante difícil, em função do leque de jogadores que compõem o ataque dos militares.

Gelson e Patrick dominam as escolhas, com o primeiro a ser o artilheiro do campeonato com 19 golos e o segundo conta com dois tentos na conta pessoal. A concorrência é bastante forte e Makiavala tem uma tarefa difícil para conseguir um lugar no conjunto agostino.

O camisola 17 tudo tem feito para recuperar da mazela e reintegrar o grupo de trabalho e voltar a ser opção de Dragan Jovic nas últimas quatro jornadas finais do campeonato.
JN