Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Ivo Traa denuncia falta de condies

Benigno Narciso, no Lubango - 06 de Julho, 2016

Militares da Regio Sul treinam num campo sem as mnimas condies

Fotografia: Jos Cola

O técnico do Desportivo da Huíla, Ivo Traça, denunciou há dias no Lubango,  falta de condições de trabalho para a equipa principal de futebol, que clama por um recinto com o mínimo de requisitos necessários para realizar de forma condigna, as sessões de treino.

Ivo Traça desabafou, que a equipa há muito que  vê-se obrigada a trabalhar no Estádio de Nossa Senhora do Monte, cuja relva está em avançado estado de degradação, com um piso inadequado, dada as  clareiras e lombas que constituem um risco permanente à integridade física dos atletas.

“Futebol não é só formar onze jogadores e jogar. Há outros pormenores. Estou farto de dizer que não temos campo em condições para trabalhar. O Estádio de Nossa Senhora do Monte está como está, não reúne condições e não sabemos até quando”, desabafou.

Essa realidade, segundo reforçou o técnico, impossibilita a equipa técnica de incutir no seio dos atletas os fundamentos e conteúdos técnicos e tácticos, bem como competitivos.
“Nas condições em que trabalhamos, não transmitimos o conteúdo e as variantes técnicas e tácticas à equipa. Fica difícil”, reforçou. Diante do quadro desfavorável, a equipa vê-se privada de condições mínimas para efectuar as sessões de treino, o técnico Ivo Traça manifestou a esperança de contar em breve, com o Estádio do Ferroviário da Huíla, que reúne condições para trabalhar de forma condigna.

Contudo, as restrições apontadas pela administração daquela infra-estrutura desportiva, para o trabalho permanente de rega e manutenção, impossibilitam o uso constante do Estádio.

“Agora o que é que nos resta ? Vamos ver. Talvez esperar pelo Estádio do Ferroviário da Huíla. É a nossa esperança”, manifestou.O relvado do Estádio de Nossa Senhora do Monte, cuja gestão e exploração foi cedida pela Administração Municipal do Lubango ao Desportivo da Huíla, há muito que é alvo de “reprovação” da crítica desportiva local e nacional, dado o mau estado que apresenta desde o principio da época desportiva.

O Desportivo da Huíla é o 11º classificado do Girabola Zap 2016, com 18 pontos,  defronta no  sábado, no Dundo, o Sagrada Esperança da Lunda Norte, em desafio pontuável para a 16ª jornada (primeira da segunda volta) da competição.