Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

JGM complica contas na prova

30 de Abril, 2018

Fotografia: Edies Novembro

A Federação Angolana de Futebol (FAF) confirmou sexta-feira, em comunicado chegado à Angop, a desistência da equipa do JGM do Huambo do campeonato nacional da I divisão, Girabola 2018, por razões financeiras. A decisão da direcção de Jorge Mangrinha obrigou a um reajuste na classificação.

Neste sentido, o Conselho Técnico da FAF retirou todos pontos às formações que já defrontaram o JGM e aguarda por outras decisões do Conselho de Disciplina, que deverá aplicar as devidas sanções.

Em declarações à imprensa, o seu presidente e proprietário, Jorge Mangrinha, disse que a direcção da clube estava desprovida de verbas para continuar a suportar os encargos no campeonato, sobretudo as deslocações, o alojamento e os prémios de jogos do atletas.

Informou que a direcção do clube remeteu ao Ministério da Juventude e Desporto, a Federação Angolana de Futebol (FAF) e ao Governo da província do Huambo o documento a comunicar a decisão.

Entretanto, Jorge Mangrinha aventou na altura a possibilidade do clube reatar a sua participação na competição caso surjam instituições públicas ou privadas, assim como pessoas singulares de boa fé que quisessem apoiar o colectivo do planalto central.

Fundado a 12 de Maio de 1998, o JGM ascendeu pela primeira vez ao Girabola em 2017, ano em que também havia anunciado a desistência, tendo recuado depois da decisão.