Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Joo Love comanda reviravolta

Augusto Panzo - 11 de Outubro, 2015

Domantinos fizeram sem brio despedida dos adeptos e do Girabola

Fotografia: Jos Cola

O desafio começou com muito rigor táctico para as duas equipas, com a equipa domantina a encetar muita dinâmica, na tentativa de justificar a sua condição de anfitrião, acrescido ao factor da vitória obtida na partida da primeira volta.

Fruto disso, o Domant FC abriu o activo aos seis minutos, por intermédio de Devigor, resultado que pecou pela negativa em termos númericos, em função do que a equipa do Bengo produziu ao longo do primeiro tempo.

Porém, o ASA também não foi mero observador, pois, tinha consciência da sua responsabilidade em campo, procurando a todo custo chegar ao golo da igualdade, mas as coisas não correram a preceito naquele momento, o que levou a equipa do Bengo ir ao intervalo com uma vantagem de 1-0.

No reatamento, o treinador Robertinho, do ASA, efectuou a primeira mexida no seu xadrez, colocando o médio ofensivo Fofo para o lugar de Nelito, dando outra dinâmica ao conjunto aviador. Mesmo com isso, a formação ida de Luanda não encontrava soluções imediatas para chegar ao tão almejado tento de igualdade, pois o sector defensivo do Domant FC continuava a não vacilar.

E quando tudo parecia ganho pela equipa do Domanta FC, eis que o ASA chega ao empate por intermédio de João Love, aos 90´, para no tempo de compensação chegar ao tento da vitória, apontado por Minguito, aos 90 +4´.

O árbitro Paulo Talaya, que ajuizou a partida entre o Domant FC do Bula Atumba e o ASA, realizou um trabalho regular. Soube dirigir o desafio à medida das encomendas, onde os dois contendores nada mais tinham por resolver em termos de classificação, porque tinham as posições completamente definidas. Os assistentes Ricardo Daniel e Joaquim Chiyo também tiveram uma actuação aceitável.