Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Joo Machado manifesta certeza na permanncia

Gaudncio Hamelay, Lubango - 11 de Outubro, 2016

E a luta, s vai ser decidida entre a Acadmica do Lobito, 4 de Abril, 1 de Maio e Desportivo da Hula isto na minha opinio pessoal, prognosticou Joo Machado

Fotografia: Jornal dos Desportos

A luta pela fuga à despromoção na primeira divisão do Girabola Zap, continua renhida entre as equipas aflitas. Deste modo, nesta ponta crucial da prova, os técnicos fazem o recurso à máquina calculadorapara no mínimo, aproveitarem somar alguns pontos nas quatro jornadasem falta e garantir a permanência.

Neste sentido, o técnico principal do 4 de Abril do Cuando Cubango, João Machado, garantiu domingo no Lubango, estar convicto namanutenção da equipa no Girabola Zap quando faltam quatro decisivas jornadas para o término da competição.

Na deslocação que João Machado efectuou ao Lubango onde defrontou domingo no estádio do Ferroviário, o Desportivo da Huíla, em desafio referente a 26ª jornada, perdeu por 1-3, apesar de reconhecer a vitória adversária, realçou que faltou na equipa um pouco mais de garra, determinação e a parte física na segunda parte do desafio os jogadores ressentiram-se do clima.

“O que faltou foi um pouco mais de garra, determinação e a parte física na segunda parte porque viemos sábado de Menongue, numa viagem estafante por via terrestre de autocarro. Mas tecnicamente, estivemos bem e não faltou nada”, justificou. João Machado reconheceu que os militares da Região Sul foram os dignos vencedores porque a sua rapaziada cometeu erros que não devia ter cometido.

Referiu que, apesar do triunfo do Desportivo da Huíla que soma agora 29 pontos contra os 27 do 4 de Abril do Cuando Cubango, continuam os dois na disputa da não despromoção de divisão.

João Machado admitiu que a luta pela manutenção bem como para o título vai continuar até o fim e que nestas últimas jornadas que faltam quem tiver menos deslize é que ganha o troféu de campeão nacional da presente época.

"Nos não descemos"
O treinador explicou que o Desportivo da Huíla na 27ª jornada, defronta a Académica do Lobito em Benguela e o 4 de Abril, recebe no seu reduto o 1º de Maio de Benguela. Para si é proibido perder.

“A partir daí, vamos ver o que dá. Penso que lá para a penúltima jornada ou mesmo a última é que se vai saber quem será o último a descer de divisão porque em princípio estão dois. Mas no futebol tudo pode acontecer. Porém, vamos aguardar porque o tempo dirá”, fundamentou.

O treinador assegurou domingo no Lubango no final do jogo, que a formação do 4 de Abril, continua a trabalhar para manter as esperanças da permanência na primeira divisão.

João Machado revelou que, fruto disso, “é que estamos inclusive a viajar de autocarro por essas estradas afora, às vezes sem condições nenhumas, a fazer 10 horas de viagem para jogarmos no dia seguinte. É para ver se nós não descemos de divisão. Mas estou convencido que a equipa não vai descer”, tranquilizou o técnico.

De acordo com João Machado, o Desportivo da Huíla na sua deslocação à Benguela para jogar com a Académica do Lobito, vai ter que ganhar obrigatoriamente a partida se não a Académica vai se aproximar.

“Nós vamos jogar com o 1º de Maio em nossa casa. Ou ganhamos ou então deixamos os outros a aproximar-nos e fica mais perigoso. Se ganharmos ficamos com 30 pontos", disse.

"O 1º de Maio, continua com os 23. Aí já vai ser difícil para o 1º de Maio, chegar. O Porcelana, este, creio que está já arredado de permanecer no Girabola. E a luta, só vai ser decidida entre a Académica do Lobito, 4 de Abril, 1º de Maio e Desportivo da Huíla isto na minha opinião pessoal”, prognosticou João Machado.