Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Jogadores sem treinos em Luanda

23 de Setembro, 2015

Os três dias que antecederam, à viagem do Kabuscorp ao Dundo, foram conturbados. Conforme apurou o Jornal dos Desportos, as sessões de treinos de domingo e segunda-feira agendados pelo técnico Miller Gomes, não se realizaram, apesar dos atletas estarem  presentes no local combinado da preparação.

O grupo de jogadores, conforme apurámos, devem-se  ter recusado a treinar, por razões ainda desconhecidas, facto que deixou a equipa técnica preocupada com a situação. Só ontem, às 8h00, os atletas mostraram-se disponíveis a cumprir com a sessão de treino, um dia antes do jogo de hoje, frente ao Sagrada Esperança, para a Taça de Angola.

De acordo ainda com a fonte, que estamos a citar, pode haver um clima de descontentamento no seio do plantel do Palanca, motivado por razões contratuais ou semelhantes. O nosso jornal, na tentativa de obter um esclarecimento junto do Kabuscorp, procurou conctatar com o técnico Miller Gomes e ou o vice -presidente Mingo Jacinto, mas as tentativas redundaram em fracasso.

FALHAM JOGO NO DUNDO
Mário e Meyong cumprem castigo

O guarda-redes Mário e o avançado Meyong, são as grandes contrariedades de Miller Gomes para o jogo desta tarde, às 15h30, no Dundo, frente ao Sagrada Esperança da Lunda Norte, referente aos quartos-de-final da Taça de Angola. Os dois jogadores com mais tempo de jogo, como titulares do Kabuscorp do Palanca, constituem unidades fundamentais na manobra defensiva e ofensiva da equipa, razão pela qual, a ausência dos mesmos pode vir a ser sentida pelo conjunto luandense.

Apesar das contrariedades, opções não faltam ao técnico da turma do Palanca, para colmatar as ausências forçadas no "onze" que defrontou no sábado o Petro, pontuável para o Girabola. E diga-se, nesse aspecto, que Hugo Marques e Patrick devem entrar como titulares, para os lugares de Mário e Meyong.

Acrescente-se, no entanto, que o guarda-redes e o avançado do Kabuscorp cumprem castigo federativo em virtude das expulsões, no jogo passado. Mário pode fazer o próximo desafio do Girabola, ao passo que o atacante deve cumprir depois deste, mais um jogo de castigo. Tal como acima referenciamos, Miller Gomes é obrigado a efectuar duas mexidas forçadas ao último "onze," que derrotou o Petro na jornada passado do campeonato, deve apostar por Hugo na baliza.

O guarda-redes pode contar com o apoio de um quarteto defensivo composto por Silva, Borges, Lunguinha e Panilson. No meio -campo, é pouco provável que venha a ter alterações. O técnico pode voltar a apostar em Fiston e Mpele Mpele, para a missão de médios defensivos, ao passo que Meda, Lami e Mano assumem as funções de principais "carregadores de piano" da "orquestra". Quanto ao ataque, o lugar de Meyong pode ser ocupado por Patrick ou Evandro Brandão.

A conquista da Taça de Angola, representa um dos grandes objectivos do Kabuscorp do Palanca, sobretudo, pelo facto de ser a alternativa para alcançar o sonho de regressar às competições africanas de clubes.
PAULO CACULO